Escolha as suas informações

Governo reitera que não decide preços dos produtos petrolíferos
Economia 27.09.2022
Combustíveis

Governo reitera que não decide preços dos produtos petrolíferos

Combustíveis

Governo reitera que não decide preços dos produtos petrolíferos

Foto: AFP
Economia 27.09.2022
Combustíveis

Governo reitera que não decide preços dos produtos petrolíferos

Susy MARTINS
Susy MARTINS
A acusação tinha sido feita pelo Partido Pirata que acusou o Governo de defender as petrolíferas em detrimento dos consumidores.

Será que o Governo privilegiou algumas companhias petrolíferas? A acusação foi feita, na semana passada, pelo Partido Pirata. 

O ministro da Energia, Claude Turmes, já tinha rejeitado as acusações ao Wort e voltou a reiterá-lo em sede de comissão parlamentar. 

Segundo Turmes, o preço da gasolina compõe-se por três elementos: o custo do produto, o custo de distribuição do setor petrolífero e as taxas.


Partido Pirata acusa Governo de favorecer lucros excessivos das petrolíferas
"Ou é incompetente ou era sua intenção permitir margens brutas tão elevadas", acusa Sven Clement.

O ministro explica que o Governo não decide os preços dos produtos petrolíferos, mas que tem margem de manobra nos custos de fornecimento.

No entanto, com o aumento do salário mínimo e os custos logísticos, não houve outra opção que não adaptar o custo da distribuição, o que se traduziu no aumento dos preços.

Claude Turmes acrescenta ainda que o acordo existente entre Ministério da Energia e as federações do setor petrolífero fixa os preços máximos de certos produtos, sendo que os consumidores e as estações de serviço estão assim melhor protegidos com o sistema atual comparativamente a um sistema de preços livres.

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas