Escolha as suas informações

Governo quer criar mil habitações por ano a preço acessível
Economia 02.10.2020

Governo quer criar mil habitações por ano a preço acessível

Governo quer criar mil habitações por ano a preço acessível

Foto: Guy Jallay
Economia 02.10.2020

Governo quer criar mil habitações por ano a preço acessível

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Cerca de 3.600 habitações a preço acessível estão a ser construídas em 57 comunas do país.

O Ministério da Habitação investe mais de 550 milhões de euros na construção de alojamentos a preço acessível.

O último relatório intermediário do Fundo ao Desenvolvimento da Habitação apresentado, esta sexta-feira, pelo ministro da tutela, Henri Kox, dá conta que 3.600 habitações a preço acessível estão a ser construídas em 57 comunas do país. Os alojamentos em construção estão divididos em 308 projetos.

Segundo o ministro, dois terços dos projetos arrancaram nos últimos quatro anos, sendo que o Estado investiu mais de 550 milhões de euros para a realização de 3.600 alojamentos. Henri Kox sublinha que o montante dos subsídios depende se as habitações são para a venda ou arrendamento.

O ministro voltou a relembrar a importância do novo Pacto para a Habitação 2.0 que visa estabelecer uma aliança nacional entre o Governo e as comunas para criar habitações a preço acessível.

Henri Kox informou ainda que os promotores já anunciaram ao Governo a intenção de construir mais 4 000 habitações suplementares a partir de 2024. Fazem parte destes projetos, as comunas de Wiltz, Dudelange, Echternach, Kehlen, Mamer, Mersch, Diekirch e também a cidade do Luxemburgo.

A longo prazo, o objetivo é construir mil habitações a preço acessível por ano.

Por último, o ministro frisou que o fundo especial permitiu adquirir mais de mil ares de terreno, permitindo a construção de 300 habitações suplementares.   

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas