Escolha as suas informações

Governo prolonga "bónus" para veículos não poluentes por mais um ano
Economia 03.12.2019

Governo prolonga "bónus" para veículos não poluentes por mais um ano

Governo prolonga "bónus" para veículos não poluentes por mais um ano

Foto: Pixabay
Economia 03.12.2019

Governo prolonga "bónus" para veículos não poluentes por mais um ano

Até 31 de dezembro de 2020 o governo vai continuar a ajudar quem comprar carros amigos do ambiente. São 5 mil euros para automóveis 100% elétricos e 2500 para os híbridos.

O anúncio é do Ministério do Ambiente. Os apoios do Estado à compra de veículos com baixas ou nenhuma emissão de carbono que entraram em vigor a 1 de janeiro de 2019 foram prorrogados por mais um ano. 

Até 31 de dezembro de 2020, quem comprar um veículo 100% elétrico recebe uma ajuda de 5 mil euros. Quem optar por um híbrido, com emissões de CO₂ inferiores ou iguais a 50 g/km, recebe metade.  

A grande novidade é o alargamento do subsídio às bicicletas elétricas ou como pedalada assistida. O governo concede 300 euros aos modelos pedelec25, com uma potência máxima não superior a 0,25 kW. Se já a tiver comprado, basta apresentar a fatura. 

Os carros e as carrinhas com células de combustível de hidrogénio também são elegíveis a um bónus de 5 mil euros. O Estado cobre ainda 25% do custo sem IVA de quadriciclos, motociclos ligeiros e scooters. 

Esta assistência financeira está reservada a veículos registados no Grão-ducado. São atribuídos apenas sete meses depois da compra, desde que o pedido seja endereçado à Administração Ambiental. 

Em comunicado, o governo explica que "a promoção da eletromobilidade continua a ser um componente chave dos esforços para descarbonizar o setor de transportes". 

Faz parte do projeto a curto prazo do país para a energia e o clima entre 2021-2030, que visa reduzir as emissões de gases com efeito de estufa em 55% até 2030, em comparação com o ano de referência de 2005.


Notícias relacionadas

Carros elétricos vão ter novos apoios financeiros
O Governo vai dar incentivos financeiros a quem comprar um carro elétrico ou uma bicicleta. O novo regime de apoio financeiro foi aprovado ontem em Conselho de Ministros e prevê ajudas que podem chegar aos cinco mil euros.