Escolha as suas informações

Governo italiano pede mais esforços à ArcelorMittal

Governo italiano pede mais esforços à ArcelorMittal

Foto: Guy Jallay
Economia 07.08.2018

Governo italiano pede mais esforços à ArcelorMittal

O ministro italiano do desenvolvimento económico, Luigi Di Maio, pediu à ArcelorMittal um esforço para manter mais postos de trabalho na Ilva. Em causa está o plano social previsto pela gigante do aço que não é considerado "satisfatório".

O ministro italiano do desenvolvimento económico, Luigi Di Maio, pediu à ArcelorMittal um esforço para manter mais postos de trabalho na Ilva. Em causa está o plano social previsto pela gigante do aço.

A ArcelorMittal está em vias de comprar a italiana Ilva e, no projeto, compromete-se a garantir dez mil dos 13.500 empregos da empresa, número que deverá descer para 8.500 a partir de 2023.

No entanto, numa conferência de impresa, Di Maio pediu mais esforços e considerou, segundo a agência noticiosa AFP, que o plano “não é satisfatório”. O responsável terá ainda referido que os sindicatos dizem que as condições para prosseguir as negociações não estão a ser cumpridas.

Aquele que é também líder do Movimento 5 Estrelas pediu então à ArcelorMittal que se afaste daqueles números para que se possam retomar as negociações.

A ArcelortMittal conseguiu luz verde de Bruxelas para comprar a Ilva, mas em julho, o Governo italiano decidiu rever todo o processo de venda, depois de a autoridade nacional anticorrupção ter levantado problemas relacionados com a operação


Notícias relacionadas