Escolha as suas informações

Governo francês para aumento de preços de energia
Economia 01.10.2021
Crise Energética

Governo francês para aumento de preços de energia

Crise Energética

Governo francês para aumento de preços de energia

AFP
Economia 01.10.2021
Crise Energética

Governo francês para aumento de preços de energia

Telma MIGUEL
Telma MIGUEL
Congelamento de preços do gás, corte de taxas de eletricidade e cheque de 100 euros a famílias mais pobres.

"Vamos congelar – não haverá mais aumentos do preço do gás", anunciou o primeiro ministro francês, Jean Castex, ontem, dia 30, à noite. O preço do gás natural sobe hoje em França 12,6%. Mas Castex prometeu que será o último que os franceses terão que suportar até que os preços da energia comecem a estabilizar, o que acontecerá, segundo as previsões, em abril ou maio. 

Até ao fim deste ano, os preços deverão aumentar ainda 30%, e mais cerca de 10% em fevereiro, segundo os especialistas, mas em França o governo prometeu que a fatura no consumidor final não irá aumentar. Quanto aos valores da eletricidade, o primeiro-ministro francês prometeu nos próximos meses cortar as taxas.

100 euros para 5.8 milhões de famílias

O acréscimo inesperado de receitas que o Estado francês realizou com o aumento dos preços da energia foi de 600 milhões de euros. Esse montante não previsto no orçamento irá ser “dado de volta ao povo francês” com um cheque de 100 euros entregue às famílias mais pobres para ajudar a suportar a recente escalada dos preços da energia. Jean Castex prometeu ainda que o governo poderá decidir novas medidas para os 5.8 milhões de famílias que vão agora receber os cheques de apoio energético.

França foi onde nasceu o movimento “gilets jaunes”, em 2018, por causa da subida do preço dos combustíveis.

Os preços da energia têm subido em flecha no mundo inteiro nos últimos meses. E a Europa encontra-se mergulhada em incerteza quanto aos preços e a um fornecimento constante nos meses que antecedem o inverno, quando as necessidades energéticas disparam.

 

 

 

 

 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Instabilidade dos mercados e especulação dos produtores está a fazer disparar o preço da eletricidade e eventuais cortes de abastecimento. A UE teme meses frios e de crise económica. A próxima cimeira europeia irá discutir o tema.