Escolha as suas informações

Governo britânico prepara-se para adiar Brexit

Governo britânico prepara-se para adiar Brexit

Foto: AFP
Economia 11.01.2019

Governo britânico prepara-se para adiar Brexit

O Governo britânico parece estar a preparar-se para adiar a saída do Reino Unido da União Europeia (UE).

O processo de divórcio tem data e hora marcadas: 29 de março deste ano às 23 horas. No entanto, este prazo poderá ser adiado. Foi pelo menos a indicação dada por membros do governo britânico ao jornal Evening Standard. As afirmações surgem apesar de a primeira-ministra britânica, Theresa May, indicar publicamente que não há necessidade de adiar o famoso artigo 50 do Tratado de Lisboa.

As fontes ouvidas pelo jornal britânico indicam que o adiamento da votação no Parlamento de diplomas considerados cruciais torna necessário mais tempo para os aprovar, uma vez que têm de ser votados antes de o Brexit ser concretizado. Segundo as mesmas fontes, mesmo que os deputados adiem as suas férias previstas para fevereiro não haverá tempo suficiente para aprovar todos os diplomas necessários.

A vantagem do adiamento será evitar um Brexit sem acordo, uma possibilidade cada vez mais plausível, segundo os analistas. O acordo conseguido por Theresa May e o bloco dos 27 vai ser votado na próxima terça-feira, mas deverá ser chumbado pela maioria dos deputados.


Notícias relacionadas

Trump quer substituir May por Boris
No primeiro dia da sua visita ao Reino Unido, o presidente dos Estados Unidos lançou uma bomba atómica, desta vez não escolheu o Twitter, usou o The Sun do seu amigo Murdoch para dizer que o Brexit suave liquida qualquer acordo com os norte-americanos e que gostava muito de ver Boris Johnson como futuro primeiro-ministro do Reino Unido. Isso no dia em que a primeira-ministra que o recebe, e o trata por "querido amigo", apresentou o seu plano de saída da União Europeia.