Escolha as suas informações

Governo anuncia reforço das medidas de apoio às empresas
Economia 20.11.2020

Governo anuncia reforço das medidas de apoio às empresas

Governo anuncia reforço das medidas de apoio às empresas

Foto: Lex Kleren
Economia 20.11.2020

Governo anuncia reforço das medidas de apoio às empresas

O executivo luxemburguês aprovou esta sexta-feira um projeto de lei que prevê novas ajudas aos setores mais afetados pelas restrições.

Esta sexta-feira, o Governo luxemburguês anunciou a aprovação de um projeto de lei que prevê mais ajudas às empresas dos setores mais afetados pelas restrições e outras medidas de combate à pandemia. Com o aumento do salário mínimo social previsto para o primeiro dia de janeiro do próximo ano, são muitas empresas que alegam dificuldades para suportar os novos encargos.

Entre as medidas anunciadas pelo executivo está a subvenção de 500 euros por cada trabalhador cuja remuneração mensal é superior ou igual ao salário social mínimo e inferior ou igual ao salário social mínimo qualificado (SSM). Esta compensação tem em conta os trabalhadores que foram contratados antes de 31 de dezembro deste ano e "que estiveram em atividade durante um período mensal compreendido entre 1 de janeiro de 2021 e 30 de junho de 2021", indica o comunicado do Governo. 

De acordo com o executivo, esta ajuda destina-se aos setores mais afectados pela crise sanitária como o turismo, cultura, hotelaria e restauração, entretenimento, comércio a retalho e formação profissional. O ministro Lex Delles salientou que "o governo introduziu e continua a desenvolver medidas de apoio ao emprego e às empresas no contexto da pandemia da COVID-19. Há necessidade de mais apoio às empresas dos setores mais afectados nestes tempos difíceis". Para o Governo, estas medidas destinam-se a incentivar o emprego e a recuperação da economia luxemburguesa.

Simultaneamente, o governo decidiu reforçar a intervenção do Office du Ducroire (ODL), a seguradora de crédito público do Grão-Ducado, que oferece garantias de financiamento a empresas localizadas no Luxemburgo que exportam para todo o mundo. O Estado luxemburguês vai aumentar o capital da ODL em 20 milhões de euros para permitir um melhor crédito à exportação.

Outra das medidas anunciadas prende-se com o reforço do apoio ao esquema de garantia mútua da Câmara de Comércio e das pequenas e médias empresas, através da Société Nationale de Crédit et d'Investissement (SNCI).

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas