Escolha as suas informações

Breves Economia 18.09.2019

Gasolina sobe a partir da meia-noite

A gasolina vai subir a partir da meia-noite e o aumento vai ser significativo. A 95 sobe 5,9 cêntimos, para os 1,26 euros e a 98 aumenta 4,9 cêntimos, para 1,32 euros.

Breves Luxemburgo 15.10.2019

Circulação ferroviária entre Luxemburgo e Dippach interrompida

Os comboios não circulam entre a cidade do Luxemburgo e Dippach. A circulação ferroviária daquele troço da Linha 70 não se faz nos dois sentidos.

Os Caminhos de Ferro Luxemburgueses (CFL) emitiram o aviso cerca das 10:30 desta terça-feira, explicando que a perturbação se deve “à obstrução das catenárias”.

São esperados atrasos e supressões, sendo que os CFL já ativaram o seu sistema de substituição, através de autocarros que fazem a ligação entre as duas localidades.

Breves Mundo 14.10.2019

Número de vítimas mortais do tufão no Japão sobe para 56

O nono e mais forte tufão do ano afetou 6,68 milhões de habitantes na província de Zhejiang, leste da China, entre os quais 1,26 milhões tiveram de ser retirados.

As chuvas torrenciais e ventos fortes danificaram 234.000 hectares de plantações, causando danos económicos diretos de 24 mil milhões de yuans (3 mil milhões de euros).

O Lekima atingiu na madrugada de sábado a cidade de Wenling, em Zhejiang, e no mesmo dia, à noite, chegou a Qingdao, na província de Shandong.

Em Shandong, cinco pessoas morreram e sete desapareceram, enquanto 1,66 milhão foram afetadas, entre as quais 183.800 tiveram de ser realocadas, informaram as autoridades.

Na sexta-feira, a China emitiu um alerta máximo para as áreas costeiras da província de Zhejiang, dada a previsão de ventos e chuvas fortes.

O alerta vermelho, emitido pela China, é o mais alto do sistema de alertas, de quatro níveis, levando as autoridades a preparar evacuações, suspender ligações ferroviárias, viagens aéreas e a exigir o regresso de embarcações aos portos.

Lusa

Breves Luxemburgo por Susy TEIXEIRA MARTINS 14.10.2019

Pierre Gramegna entrega hoje OE para 2020

O ministro das Finanças, Pierre Gramegna, entrega hoje no Parlamento o Orçamento do Estado (OE) para 2020.

Logo a seguir serão apresentadas às diferentes comissões parlamentares as orientações orçamentais do Governo para o próximo ano. O deputado socialista Yves Cruchten é o relator do projeto de lei.

Ainda esta semana, os membros da Comissão das Finanças vão encontrar-se com o diretor da Inspeção Geral das Finanças e do Tesouro e com representantes do Instituto Nacional de Estatística (STATEC).

O projeto de lei do Orçamento do Estado para 2020 deverá ir a votos ainda antes das férias de Natal, para depois entrar em vigor a 1 de janeiro de 2020.