Escolha as suas informações

França. Aumento da carga fiscal põe em risco atratividade do mercado de trabalho luxemburguês
Economia 27.09.2021
Alerta LCGB

França. Aumento da carga fiscal põe em risco atratividade do mercado de trabalho luxemburguês

Alerta LCGB

França. Aumento da carga fiscal põe em risco atratividade do mercado de trabalho luxemburguês

Foto: Lex Kleren
Economia 27.09.2021
Alerta LCGB

França. Aumento da carga fiscal põe em risco atratividade do mercado de trabalho luxemburguês

Manuela PEREIRA
Manuela PEREIRA
A atratividade do mercado de trabalho luxemburguês está em risco. O alerta é da central sindical LCGB e tem como pano de fundo o aumento da carga fiscal dos agregados familiares com rendimentos mistos em França. Isto é com vencimentos em França e no Luxemburgo.

A subida de carga fiscal surge após a nova convenção fiscal entre o Grão-Ducado e a França, mas de segundo a LCGB – que se reuniu na sexta-feira (24) com a Administração das Contribuições Diretas do Luxemburgo – deve-se a uma decisão interna do fisco francês. França deduz as contribuições sociais pagas no Luxemburgo, mas não o faz com os impostos pagos no Grão-Ducado.

Os trabalhadores transfronteiriços franceses representam 52,72% da mão-de-obra transfronteiriça no Grão-Ducado. A central sindical insta o Governo a tomar "medidas políticas urgentes para evitar que o Luxemburgo se veja confrontado com uma penúria de mão-de-obra em setores essenciais para a economia" nacional, como a "saúde, o comércio e os transportes".

A LCGB teme que o aumento da carga fiscal em França afugente esta mão-de-obra. O mesmo receio foi manifestado pela central sindical OGBL na semana passada. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A carga fiscal baixou no ano passado no Luxemburgo. De acordo com o Eurostat, a receita com impostos e contribuições para a Segurança Social representava 39,1% do Produto Interno Bruto, uma queda face aos 39,4% registados em 2014.
A carga fiscal caiu para 39,1%.