Escolha as suas informações

FMI prevê dívida pública acima da meta do Governo

FMI prevê dívida pública acima da meta do Governo

Foto: AFP
Economia 10.04.2019

FMI prevê dívida pública acima da meta do Governo

O Fiscal Monitor indica também que o Grão-Ducado deve continuar a registar excedentes orçamentais: este ano deve ficar nos 1% e subir até aos 1,6% em 2023.

A dívida pública do Luxemburgo deverá situar-se nos 21,6% do Produto Interno Bruto (PIB), de acordo com as previsões publicadas hoje pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) no Fiscal Monitor.

O valor fica acima do que está inscrito no Orçamento do Estado para este ano. O documento indica que a dívida deve atingir os 20,2% este ano. A dívida deve depois continuar a reforçar a sua trajetória de descida até chegar aos 18,4% em 2022. No entanto, o FMI não é tão otimista: a dívida só ficará abaixo dos 20% em 2024, altura em que chega aos 19,6%.


Christine Lagarde, managing director of the International Monetary Fund (IMF), speaks during the 2018 Michel Camdessus Central Bankin Lecture at the IMF headquarters  in Washington, DC on September 6, 2018. (Photo by ANDREW CABALLERO-REYNOLDS / AFP)
FMI revê crescimento em baixa e está mais pessimista do que o Governo de Bettel
A economia deve crescer 2,7% este ano, longe dos 3,5% previstos em outubro. A zona euro também não escapou à revisão em baixa.

A dívida pública do Luxemburgo é uma das mais baixas da União Europeia e respeita a meta de Bruxelas, que indica que os países devem ter uma dívida inferior aos 60% do PIB. A título de comparação, a dívida portuguesa é uma das mais altas: este ano deve tocar os 119,5% do PIB, acima dos 118,5% previstos pelo ministro das Finanças português, Mário Centeno.

O Fiscal Monitor indica também que o Grão-Ducado deve continuar a registar excedentes orçamentais: este ano deve ficar nos 1% e subir até aos 1,6% em 2023.


Notícias relacionadas

Eurostat: Luxemburgo tem a segunda menor dívida pública da UE
O Luxemburgo tem a segunda menor dívida pública da União Europeia (UE). De acordo com o Eurostat, a dívida situou-se nos 21,8% do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre deste ano, o que equivale a 11,4 mil milhões de euros. Já Portugal tem a terceira dívida mais alta.
A dívia luxemburguesa situa-se nos 21,8% do PIB