Escolha as suas informações

Fitch: Luxemburgo mantém triplo A
A Fitchconfirma o AAA para o Luxemburgo

Fitch: Luxemburgo mantém triplo A

Foto: AFP
A Fitchconfirma o AAA para o Luxemburgo
Economia 15.04.2017

Fitch: Luxemburgo mantém triplo A

O Luxemburgo mantém o triplo A, desta vez confirmado pela agência de notação Fitch. A mesma avaliação tinha sido dada pela DBRS, Moody's e Standard & Poor's, anteriormente.

O Luxemburgo mantém o triplo A, desta vez confirmado pela agência de notação Fitch. A mesma avaliação tinha sido dada pela DBRS, Moody's e Standard & Poor's, anteriormente.

A Fitch analisa as políticas governamentais, o PIB per capita (Produto Interno Bruto dividido pela quantidade de habitantes), o desenvolvimento e as finanças públicas.

Mesmo com a escalada da taxa de desemprego ou a dependência contínua nos serviços financeiros, a conjuntura económica global do país continua favorável e estável. No entanto, a agência de notação adverte que a “a forte atividade do setor financeiro poderá ter consequências negativas na economia real, afectando o mercado de trabalho e as finanças públicas.”

O Luxemburgo mantém as contas públicas estáveis e positivas com o PIB estimado em  1.2% nos próximos cinco anos.  O país está assim muito acima da percentagem média, que se situa na ordem dos 0.3% para um rating AAA, e tem o menor rácio de dívida pública quando comparada à riqueza produzida (20.6%).

O Instituto Nacional de Estatísticas Luxemburguês (STATEC) estima que o crescimento económico seja de 3.5%, o que segundo a Fitch “supera significativamente a média de triplo A” e que este desenvolvimento justifica-se com “os grandes dividendos provenientes da banca.”

As receitas fiscais luxemburguesas podem aumentar pontualmente caso as multinacionais Fiat-Chrysler, McDonald's e Amazon sejam obrigadas a pagar os retroativos referentes aos benefícios fiscais caso as investigações da Comissão Europeia o designem.

Segundo a Fitch “há potencial para o crescimento ser maior caso o investimento e o consumo funcionarem melhor que o estimado e caso a economia luxemburguesa beneficie positivamente dos efeitos do Brexit.” O Luxemburgo é uma das praças que mais interesse desperta por parte das empresas sediadas no Reino Unido.

Por outro lado, a agência alertou para “as medidas protecionistas das maiores economias mundiais e más resoluções nas negociações do Brexit” que podem afetar o crescimento da EU e por conseguinte os mercados financeiros.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

DBRS : Triplo A para o Luxemburgo
A agência de notação DBRS confirmou o triplo A para o Luxemburgo e justifica a nota com a boa performance das finanças públicas do país.
DBRS confirmou "AAA" à economia luxemburguesa
DBRS: Novo triplo A para o Luxemburgo
O Luxemburgo recebeu uma nova notação Triplo A da agência de notação financeira DBRS. Foi a primeira vez que a agência realizou uma análise para a economia luxemburguesa.
The DBRS rating follows identical scores issued by three other major agencies: S&P, Fitch and Moody's.