Escolha as suas informações

Festival de viaturas de ocasião arranca esta segunda-feira
Economia 10.05.2021

Festival de viaturas de ocasião arranca esta segunda-feira

Festival de viaturas de ocasião arranca esta segunda-feira

Foto: Lex Kleren
Economia 10.05.2021

Festival de viaturas de ocasião arranca esta segunda-feira

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
Segundo a Fedamo participam no certame 206 concessionários de todo o país.

A nona edição do festival de viaturas usadas (AutoOccasiounsFestival) arranca esta segunda-feira e decorre até domingo, dia 16. Depois do Festival do Automóvel, realizado entre janeiro e fevereiro deste ano, a federação dos garagistas do Luxemburgo (Fedamo) organiza mais um evento de venda de veículos com condições especiais. Mas desta vez apenas sobre os veículos de ocasião, fiscalizados e com garantia.

Ao todo, e segundo a federação, participam no certame 206 concessionários de todo o país, todos eles com medidas sanitárias. No comunicado divulgado a Fedamo salienta ainda que no que toca às vendas, o mercado está em crescimento depois da ligeira quebra devido à crise sanitária. 


A revolta das autocaravanas em Portugal
A nova legislação portuguesa que proíbe a pernoita e o aparcamento de autocaravanas em todos os locais que não sejam expressamente designados para o efeito está a gerar uma onda de protestos online.

Depois dos recordes de vendas em 2018 e em 2019, com mais de 63.000 viaturas, no ano passado foram vendidos 61.637 veículos de ocasião, um valor equivalente a 750 milhões de euros.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Philippe Mersch, presidente da Federação dos Garagistas Luxemburgueses (Fegarlux), congratulou-se pelo aumento de 7,16% na venda de automóveis no Grão-Ducado que se verificou no primeiro trimestre de 2018, sucesso ligado aos dez dias do tradicional Festival Automóvel, realizado entre 27 de janeiro e 5 de fevereiro.
Philippe Mersch, presidente da Federação dos Garagistas Luxemburgueses (Fegarlux), congratulou-se pelo aumento de 7,16% na venda de automóveis no Grão-Ducado no primeiro trimestre.