Escolha as suas informações

Eurostat: Preços continuam a descer na zona euro em Março
Economia 31.03.2016 Do nosso arquivo online

Eurostat: Preços continuam a descer na zona euro em Março

A inflação nos países da moeda única continua negativa em Março

Eurostat: Preços continuam a descer na zona euro em Março

A inflação nos países da moeda única continua negativa em Março
Fonte: AFP
Economia 31.03.2016 Do nosso arquivo online

Eurostat: Preços continuam a descer na zona euro em Março

Os preços da zona euro mantêm-se em terreno negativo em Março, embora tenham subido ligeiramente face ao mês anterior. A taxa de inflação revelada hoje pelo Eurostat situa-se nos -0,1%, valor que compara com os -0,2% registados em Fevereiro. A inflação tem sido uma das principais dores de cabeça dos bancos centrais.

Os preços da zona euro mantêm-se em terreno negativo em Março, embora tenham subido ligeiramente face ao mês anterior. A taxa de inflação revelada hoje pelo Eurostat situa-se nos -0,1%, valor que compara com os -0,2% registados em Fevereiro. A inflação tem sido uma das principais dores de cabeça dos bancos centrais.

A energia é a componente que mais penaliza os preços, e teve uma queda mais pronunciada do que em Fevereiro: caiu 8,7% face à quebra de 8,1% em Fevereiro. Os preços dos serviços aumentaram 1,3%, seguidos pela componente de alimentação, álcool e tabaco (0,7%) e pelos bens industriais não energéticos (0,5%).

O valor da taxa de inflação está assim ainda bastante longe do objectivo de 2% definido pelo Banco Central Europeu (BCE). O organismo liderado por Mario Draghi anunciou, aliás, este mês um conjunto de medidas para injectar mais dinheiro na economia.

Entre as medidas anunciadas por Draghi está a redução da taxa de juro central para 0% o que significa que, na prática, o BCE empresta dinheiro sem retorno. Além disso, foi alargado o programa de compra de dívida privada e de dívida pública de 60 para 80 mil milhões de euros.

O objectivo é impulsionar o investimento, o consumo, e os preços, tentando afastar o cenário de deflação que pode prejudicar o andamento das economias no longo-prazo. Perante um cenário de baixa generalizada dos preços, os consumidores atrasam as decisões de consumo, o que acaba por prejudicar a produção e o investimento das empresas.


Notícias relacionadas

Zona euro: BCE mantém juros inalterados
O Banco Central Europeu (BCE) manteve hoje as taxas de juro inalteradas bem como o programa de ativos. A decisão anunciada pelo presidente da instituição, Mario Draghi, já era esperada pelos analistas.
O presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, manteve o programa de estímulos à economia da zona euro.