Escolha as suas informações

Eurostat: Luxemburgo teve o maior excedente orçamental da Europa em 2015
Economia 21.10.2016

Eurostat: Luxemburgo teve o maior excedente orçamental da Europa em 2015

O Eurostat reviu em alta o excedente orçamental do Luxemburgo.

Eurostat: Luxemburgo teve o maior excedente orçamental da Europa em 2015

O Eurostat reviu em alta o excedente orçamental do Luxemburgo.
Foto: AFP
Economia 21.10.2016

Eurostat: Luxemburgo teve o maior excedente orçamental da Europa em 2015

O Luxemburgo tem o melhor saldo orçamental da União Europeia (UE). Os dados divulgados hoje pelo Eurostat, o gabinete de estatísticas da UE, indicam que o Grão-Ducado registou um excedente orçamental de 1,6% no ano passado. Este valor representa uma revisão em alta face aos 1,2% avançados nas estimativas divulgadas em abril.

O Luxemburgo tem o melhor saldo orçamental da União Europeia (UE). Os dados divulgados hoje pelo Eurostat, o gabinete de estatísticas da UE, indicam que o Grão-Ducado registou um excedente orçamental de 1,6% no ano passado. Este valor representa uma revisão em alta face aos 1,2% avançados nas estimativas divulgadas em abril.

Este é o melhor resultado da Europa a 28, onde há seis países com um défice orçamental superior ao limite de 3%, ditado por Bruxelas.

A seguir ao Luxemburgo vêm a Alemanha, com um superávite de 0,7%, e a Suécia com 0,2%. Por sua vez, Portugal está no grupo dos seis que registaram um défice superior a 3%.

O saldo foi então negativo e representa 4,4% do Produto Interno Bruto (PIB), incluindo o efeito do resgate ao Banif nas contas do país. Isto significa que sem aquele impacto, Portugal teria cumprido o limite de 3%.

Os outros países com défices superiores a 3% são a Grécia (7,5%), Espanha (5,1%), Reino Unido (4,3%), França (3,5%), Croácia (3,3%).


Notícias relacionadas

Eurostat: Luxemburgo tem a segunda menor dívida pública da UE
O Luxemburgo tem a segunda menor dívida pública da União Europeia (UE). De acordo com o Eurostat, a dívida situou-se nos 21,8% do Produto Interno Bruto (PIB) no primeiro trimestre deste ano, o que equivale a 11,4 mil milhões de euros. Já Portugal tem a terceira dívida mais alta.
A dívia luxemburguesa situa-se nos 21,8% do PIB