Escolha as suas informações

Eurostat: Luxemburgo tem consumo efetivo por habitante mais elevado da UE
Economia 15.12.2017 Do nosso arquivo online

Eurostat: Luxemburgo tem consumo efetivo por habitante mais elevado da UE

Eurostat: Luxemburgo tem consumo efetivo por habitante mais elevado da UE

Shutterstock
Economia 15.12.2017 Do nosso arquivo online

Eurostat: Luxemburgo tem consumo efetivo por habitante mais elevado da UE

O Luxemburgo tem o consumo individual efetivo por habitante mais elevado da União Europeia (UE), segundo dados divulgados pelo Gabinete de Estatísticas da União Europeia (Eurostat).

O Luxemburgo tem o consumo individual efetivo por habitante mais elevado da União Europeia (UE), segundo dados divulgados pelo Gabinete de Estatísticas da União Europeia (Eurostat).

Os elementos referentes a 2016 revelam que o Grão-Ducado apresenta um consumo efetivo por habitante de 132%, bastante superior à média europeia que é de 100%.

Contudo, os dados do Eurostat mostram ainda que o consumo individual efetivo no Luxemburgo desceu três pontos percentuais face ao ano anterior.

Depois do Grão-Ducado, a Alemanha e a Áustria completam o pódio dos países com maior consumo efetivo per capita.

Com um índice de 82%, Portugal é um dos quatro Estados-membros que está entre 10 e 20% abaixo da média da União Europeia, a par da Espanha, Lituânia e Malta.

O consumo individual efetivo é um indicador de nível de bem-estar material dos agregados familiares e exprime-se em paridade do poder de compra.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Trabalhadores no Luxemburgo são os que mais recebem por hora
Os trabalhadores no Grão-Ducado são os que mais recebem por hora. O Eurostat analisou as compensações recebidas pelos trabalhadores nos 28 Estados-membros e o Luxemburgo surge, então, em primeiro lugar, com uma compensação de 44 euros por hora.