Escolha as suas informações

Sucessor de Dijsselbloem é escolhido hoje. Centeno é o favorito
Economia 04.12.2017 Do nosso arquivo online
Eurogrupo

Sucessor de Dijsselbloem é escolhido hoje. Centeno é o favorito

Mário Centeno, à esquerda, é apontado como o o mas bem posicionado candidato à sucessão de Jeroen Dijsselbloem, à direita.
Eurogrupo

Sucessor de Dijsselbloem é escolhido hoje. Centeno é o favorito

Mário Centeno, à esquerda, é apontado como o o mas bem posicionado candidato à sucessão de Jeroen Dijsselbloem, à direita.
Foto: AFP
Economia 04.12.2017 Do nosso arquivo online
Eurogrupo

Sucessor de Dijsselbloem é escolhido hoje. Centeno é o favorito

O fórum de ministros das Finanças da zona euro elege hoje, em Bruxelas, o seu novo presidente, com Mário Centeno, o candidato dos Socialistas Europeus, a surgir como favorito numa corrida a quatro à liderança do Eurogrupo. O ministro luxemburguês Pierre Gramegna é um dos candidatos.

O fórum de ministros das Finanças da zona euro elege hoje, em Bruxelas, o seu novo presidente, com Mário Centeno, o candidato dos Socialistas Europeus, a surgir como favorito numa corrida a quatro à liderança do Eurogrupo. O ministro luxemburguês Pierre Gramegna é um dos candidatos.

Os 19 membros da área do euro vão escolher hoje à tarde o sucessor do holandês Jeroen Dijsselbloem, tendo quatro ministros apresentado na semana passada as suas candidaturas: Mário Centeno, o luxemburguês Pierre Gramegna, o eslovaco Peter Kazimir e a letã Dana Reizniece-Ozola.

Enquanto Gramegna é membro dos Liberais e Ozola dos Verdes, Centeno e Kazimir são ambos socialistas – a família política com mais possibilidades de garantir o posto, face aos equilíbrios partidários sempre em jogo na atribuição de altos cargos europeus -, mas o ministro português foi “consagrado” como “o candidato” do Partido Socialista Europeu (PSE) na reunião que teve lugar em Lisboa entre sexta-feira e sábado, e parece reunir muitos mais apoios que o eslovaco.

A eleição de hoje do novo presidente do Eurogrupo não corre o risco de ser decidida por sorteio mesmo que persista um empate, como aconteceu com a relocalização das duas agências que deixam o Reino Unido.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Segundo Ministro do Luxemburgo
O ministro da Finanças do Luxemburgo, Pierre Gramegna, considerou hoje que não foram "as competências e as qualidades dos candidatos", antes os partidos políticos que ditaram a votação para o Eurogrupo.
Candidates for the Eurogroup presidency, (L-R) Slovakia's Finance Minister Peter Kazimir, Luxembourg's Finance Minister Pierre Gramegna, Latvia's Finance Minister Dana Reizniece-Ozola and Portugal Finance Minister Mario Centeno, pose prior to a Eurogroup meeting on December 4, 2017 at the European Council in Brussels.
Four European finance ministers have put forward their candidacy to become president of the Eurogroup, aiming to replace current president Jeroen Dijsselbloem.  / AFP PHOTO / EMMANUEL DUNAND
O ministro das Finanças luxemburguês, Pierre Gramegna, vai candidatar-se à presidência do Eurogrupo, concorrendo assim contra o homólogo português, Mário Centeno. Na corrida estão mais dois ministros: a letã Dana Reizniece-Ozola e o eslovaco Peter Kazimir. Segunda-feira será feita a eleição.
Com o holandês Jeoren Dijsselbloem de saída do Eurogrupo, está aberta a corrida ao lugar da presidência deste organismo europeu. Saiba quem são os nomes mais falados, e quais são os seus pontos fortes e fracos.