Escolha as suas informações

Breves Economia por Susy MARTINS 25.11.2022

A secção de Esch-sur-Alzette da OGBL organiza esta sexta-feira uma ação de protesto contra as medidas tomadas pela direção do Banque et Caisse d’Épargne de l’État (BCEE) e que, alega o sindicato, prejudicam os clientes.

O sindicato organiza esta manhã, por volta das 11h30, uma ação de protesto em frente à filial do banco em Esch-sur-Alzette (place Hotel de ville).    

Num comunicado, a OGBL frisa que as medidas 'anticovid' decididas pelo Governo durante a crise sanitária, levaram a direção deste banco público a limitar ao mínimo o número de balcões abertos ao público. 

Conclusão: há dias em que há longas filas de clientes à espera na rua, para poderem tratar dos seus assuntos financeiros. A OGBL acrescenta que mesmo depois de o Governo ter aligeirado as medidas sanitárias, a direção do banco mantém um número reduzido de balcões abertos.

Uma vez que são sobretudo as pessoas de idade que recorrem aos balcões físicos, e que as temperaturas estão a baixar no país, o sindicato pede que a direção do BCEE tome medidas rapidamente para resolver o problema. 

Breves Sociedade 07.12.2022

A empresa japonesa JCR Pharmaceuticals vai abrir uma unidade de produção no Luxemburgo. A farmacêutica é especializada em investigação, fabrico e venda de medicamentos para o tratamento de doenças raras e genéticas.

Segundo o anúncio feito pelo ministro da Economia, Fraz Fayot, após a sua recente visita de trabalho ao Japão, trata-se de uma plataforma logística europeia da empresa, com sede no Luxemburgo.

As negociações começaram em 2017, tendo a empresa comprado depois um terreno industrial de mais de 10.000 m2 entre Bettembourg e Dudelange. Já em agosto de 2022 foi criada a filial JCR Luxembourg.

Listada na bolsa de valores, a JCR Pharmaceuticals emprega cerca de 800 pessoas e está presente nos Estados Unidos, Europa, Ásia e América Latina.  

Breves Luxemburgo 06.12.2022

Jean-Marc Cloos é o novo diretor do Centro Hospitalar do Norte (CHN), anunciou o conselho de administração do hospital, esta terça-feira, em comunicado.

O médico torna-se, assim, sucessor de Robert Thill-Heusborg, que se demitiu em outubro por "razões pessoais, pouco depois de seis dos oito cardiologistas do hospital terem anunciado a sua intenção de rescindir os seus contratos.

A ministra da Saúde, Paulette Lenert, garantiu a continuidade destes cardiologistas no serviço até março de 2023, mas não tem sido um ano fácil para o CHL.

Em abril e maio, a maternidade de Ettelbruck teve de ser encerrada temporariamente devido à falta de especialistas, o que obrigou as pacientes a irem para as maternidades da capital.

Kirstie Alley
Breves Cultura 06.12.2022

A atriz Kirstie Alley, que ganhou um Emmy pelo seu papel na série televisiva "Cheers" e participou em filmes como "Olha Quem Fala", morreu aos 71 anos.

Alley morreu de cancro que só tinha sido descoberto recentemente, disseram os filhos, True e Lillie Parker. “Tão icónica quanto ela era no ecrã, ela era uma mãe e avó ainda mais incrível”, acrescentaram, numa publicação no Twitter. 

Alley tornou-se famosa por desempenhar o papel de Rebecca Howe ao lado de Ted Danson em “Cheers”, a aclamada série televisiva sobre um bar de Boston, de 1987 a 1993. A personagem valeu-lhe um Emmy de melhor atriz principal numa série de comédia em 1991. Alley ganhou um segundo Emmy de melhor atriz principal numa minissérie ou filme para televisão em 1993, pelo filme “David's Mother".

Alley ficou ainda conhecida por interpretar, na comédia de 1989 "Olha Quem Fala", a mãe de um bebé cujos pensamentos íntimos eram expressos por Bruce Willis.