Escolha as suas informações

Emprego voltou a crescer, mas só graças ao ‘Brexit’ e ao comércio
Economia 30.08.2019

Emprego voltou a crescer, mas só graças ao ‘Brexit’ e ao comércio

Emprego voltou a crescer, mas só graças ao ‘Brexit’ e ao comércio

Foto: JUSTIN TALLIS / AFP
Economia 30.08.2019

Emprego voltou a crescer, mas só graças ao ‘Brexit’ e ao comércio

Diana ALVES
Diana ALVES
A deslocalização de empresas do Reino Unido para o Luxemburgo, devido ao ‘Brexit’, e a abertura de novos estabelecimentos comerciais no início do ano ajudaram o crescimento do mercado de trabalho a manter-se estável.

De acordo com o Instituto Nacional de Estatística (STATEC), se não fossem os postos de trabalho criados no comércio e na sequência do ‘Brexit’, a taxa de trabalhadores no país teria sofrido uma quebra.

Graças aos efeitos destes fenómenos isolados, o emprego voltou a crescer 3,8% no início de 2019, apesar de ter havido um abrandamento na maioria dos ramos de atividade.

A relocalização de empresas no seguimento do ‘Brexit’ contribuem com 0,1% para o crescimento do emprego.

O setor das seguros é um dos que tem demonstrado especial interesse pelo Grão-Ducado no pós-Brexit. Mais de uma dezena de seguradoras já decidiram trocar Londres pelo Luxemburgo. A AIG, a Liberty Mutual, a Hiscox, a Sompo e a Tokyo Marine são algumas das multinacionais que integram essa lista.



Notícias relacionadas