Escolha as suas informações

Emprego dos transfronteiriços cresceu mais do que o dos residentes
Economia 04.01.2021

Emprego dos transfronteiriços cresceu mais do que o dos residentes

Emprego dos transfronteiriços cresceu mais do que o dos residentes

Foto: Guy Jallay
Economia 04.01.2021

Emprego dos transfronteiriços cresceu mais do que o dos residentes

Diana ALVES
Diana ALVES
Segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (Statec), o número de transfronteiriços aumentou 2% face ao trimestre anterior.

Ao contrário do que aconteceu entre abril e junho, no terceiro trimestre de 2020 o crescimento do número de trabalhadores transfronteiriços no Luxemburgo voltou a superar o dos residentes.

Segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (Statec), o número de transfronteiriços aumentou 2% face ao trimestre anterior, ao passo que o de residentes cresceu apenas 0,9%.

Entre os trabalhadores que vêm do lado de lá da fronteira, são os franceses aqueles que mais aumentaram. Neste caso, o crescimento ronda os 2,6%.

O Statec destaca também o aumento do número de transfronteiriços belgas, cujo crescimento no terceiro trimestre de 2020 foi de 1,5%. No trimestre anterior, o emprego dos trabalhadores belgas no país tinha afundado 0,6%.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Covid-19 afetou evolução do emprego no primeiro trimestre
Sem surpresas, a pandemia da covid-19 está a afetar a evolução do emprego no Luxemburgo. No primeiro trimestre deste ano, o aumento do número de trabalhadores no país ficou-se pelos 0,3% face a igual período de 2019. No trimestre anterior, a subida tinha sido de 0,8%, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (STATEC).