Escolha as suas informações

Economic Outlook: Economia do Luxemburo cresce, mas OCDE deixa avisos

Economic Outlook: Economia do Luxemburo cresce, mas OCDE deixa avisos

Foto: Pierre Matgé
Economia 28.11.2017

Economic Outlook: Economia do Luxemburo cresce, mas OCDE deixa avisos

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento (OCDE) prevê que a economia luxemburguesa cresça 3% este ano e 3,8% para o ano até chegar aos 4% em 2019. Mas apesar do crescimento robusto, o organismo liderado por Angel Gurría deixa alguns recados ao Grão-Ducado no Economic Outlook. E são os mesmos que já tinha feito em análises anteriores.

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento (OCDE) prevê que a economia luxemburguesa cresça 3% este ano e 3,8% para o ano até chegar aos 4% em 2019. Mas apesar do crescimento robusto, o organismo liderado por Angel Gurría deixa alguns recados ao Grão-Ducado no Economic Outlook. E são os mesmos que já tinha feito em análises anteriores.

A economia está ainda muito dependente do setor financeiro, pelo que o Governo deve fazer mais esforços para a diversificar.

Além disso, o país deve fazer reformas no sistema de pensões, de forma a garantir a sua sustentabilidade. A OCDE renova assim os avisos sobre o regime de pensões, depois de na semana passada o Tribunal de Contas ter feito o mesmo reparo.

Por outro lado, refere-se novamente o problema do aumento dos preços das casas e das rendas e do endividamento das famílias. É que em caso de incumprimento dos pagamentos, os bancos domésticos podem ficar comprometidos.


Notícias relacionadas

OCDE prevê crescimento estável na zona euro
Os indicadores compósitos avançados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) continuam a indicar uma dinâmica de crescimento estável para os países da região.
EDITORIAL: A fatura dos imigrantes
“Mais de metade do eleitorado trabnão mudar, vão ser sempre os mesmos a pagar a fatura.” alha na Função Pública. São estes que escolhem quem governa o país e enquanto isto não mudar, vão ser sempre os mesmos a pagar a fatura.”
OCDE quer mais reformas laborais no Luxemburgo
Elogios à reforma fiscal e aos baixos níveis de dívida pública, recomendações no mercado de trabalho e avisos quanto ao nível de exposição do setor financeiro luxemburguês ao exterior, são alguns dos pontos analisados pela OCDE.