Escolha as suas informações

Dimensão média das PME é mais alta no Luxemburgo e mais baixa em Portugal
Economia 27.06.2020

Dimensão média das PME é mais alta no Luxemburgo e mais baixa em Portugal

Dimensão média das PME é mais alta no Luxemburgo e mais baixa em Portugal

Foto: Shutterstock
Economia 27.06.2020

Dimensão média das PME é mais alta no Luxemburgo e mais baixa em Portugal

A par com a Alemanha, as pequenas e médias empresas do Grão-Ducado são as que empregam mais pessoas na União Europeia.

As pequenas e médias empresas (PME) portuguesas têm a dimensão mais baixa da União Europeia, enquanto as luxemburguesas apresentam a mais alta.

Os dados são de um estudo da Pordata, divulgados este sábado, Dia das Micro, Pequenas e Médias Empresas, proclamado pela ONU,em 2017, e assinalado, anualmente, a 27 de junho, com o objetivo de evidenciar a importância dos pequenos negócios nas economias locais e global.  

Os valores compilados por aquele gabinete de estudos estatísticos português indicam que a par da Eslováquia, a dimensão média desse tecido empresarial português é composta por 3,4 pessoas. Já o Luxemburgo, e também a Alemanha, têm a média mais alta, com as PME a empregarem, pelo menos, 10 pessoas.

Segundo os dados mais recentes do Eurostat, referentes a 2017, as PME são responsáveis pela criação de dois terços do emprego no Luxemburgo e também por dois terços do valor criado na economia, empregando 184.276 trabalhadores e gerando uma riqueza de 16,3 milhões de euros.

Já em Portugal, de acordo com os dados de 2018, da Pordata, as PME representavam 99,9% das empresas no país e empregavam 78% do pessoal ao serviço, sendo responsáveis por 56% do volume de negócios do total das empresas e 60% da riqueza (valor acrescentado bruto) nacional.



Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas