Escolha as suas informações

Depois da crise entre 2009 e 2011: Construção de alojamentos voltou a aumentar em 2012
Economia 23.12.2014

Depois da crise entre 2009 e 2011: Construção de alojamentos voltou a aumentar em 2012

Em 2012, o número de apartamentos representou 56% do total de alojamentos construídos nesse ano, ou seja, 1.291 em 2.304.

Depois da crise entre 2009 e 2011: Construção de alojamentos voltou a aumentar em 2012

Em 2012, o número de apartamentos representou 56% do total de alojamentos construídos nesse ano, ou seja, 1.291 em 2.304.
Foto: Shutterstock
Economia 23.12.2014

Depois da crise entre 2009 e 2011: Construção de alojamentos voltou a aumentar em 2012

A construção de alojamentos cresceu entre 2006 e 2008, e recuou nos dois anos seguintes. Em 2012, o número voltou a aumentar ligeiramente, com 2.304 alojoamentos construídos nesse ano. É o que indica um estudo do Statec publicado na quinta-feira.

O Serviço de Estatísticas do Luxemburgo adianta ainda que desde 1970 os picos de construção de casas registaram-se nos anos de 1974, 1975, 1976 e 1993. Mas em 2008, o número de construções de alojamentos ultrapassou esses recordes.

Depois de 2008, o número de construções baixou e voltou a igualar o dos anos 2000.

Relativamente a 2008, o número de apartamentos construídos recuou bastante em 2012, mas representa mesmo assim 56% do total de alojamentos construídos nesse ano, ou seja, 1.291 em 2.304. O número de casas construídas em 2012 ascendeu a pouco mais de um milhar (1.013).

O Statec recorda que a situação era inversa nos anos 1980: as casas unifamiliares representavam então 70% dos novos alojamentos construídos, em média, por ano.

Em 2012, a superficie residencial era em média de 286 m2 para as casas unifamiliares e de 132 m2 para os apartamentos (esta superfície inclui as zonas não habitáveis, i.e., a cave, o sótão, a garagem e a casa de banho).


Notícias relacionadas

Imobiliário: Preços da habitação subiram 6% em 2016
Os preços do imobiliário no Luxemburgo continuam a aumentar e, em 2016, o índice de preços à habitação subiu 6%, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (STATEC) e do Observatório da Habitação. O preço médio das casas no Luxemburgo rondou os 623 mil euros em 2016.