Escolha as suas informações

Dados de 2015: Luxemburgo com salário médio mais elevado da OCDE

Dados de 2015: Luxemburgo com salário médio mais elevado da OCDE

Foto: Reuters
Economia 25.08.2017

Dados de 2015: Luxemburgo com salário médio mais elevado da OCDE

O Luxemburgo tem o salário médio (4.420 euros/mês) mais elevado entre os países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), de acordo com dados da organização referentes a 2015.

O Luxemburgo tem o salário médio (4.420 euros/mês) mais elevado entre os países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), de acordo com dados da organização referentes a 2015.

Segundo os números divulgados, o Grão-Ducado do Luxemburgo apresenta um salário médio anual de 53.068 euros, ou seja, cerca de 4.420 euros por mês.

A Suíça, com 51.092 euros, e Estados Unidos, com 50.624, completam o pódio dos países com os salários médios mais elevados da OCDE.

No outro extremo da lista, o México (12.923 euros), Hungria (17.545) e Letónia (17.925) são os membros da OCDE com os ordenados médios mais baixos.

Recentemente um estudo divulgado pela Global Finance apontava o Luxemburgo como o “segundo país mais rico do mundo”, onde cada habitante tinha em média um rendimento mensal na ordem dos 5.370 euros.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Professores no Luxemburgo são os mais bem pagos da OCDE
Os professores no Luxemburgo são os que mais ganham no conjunto dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE). O organismo liderado por Angel Gurría divulgou hoje o estudo 'Education at a Glance' onde analisa o setor do ensino e faz uma avaliação por país.
EDITORIAL: A fatura dos imigrantes
“Mais de metade do eleitorado trabnão mudar, vão ser sempre os mesmos a pagar a fatura.” alha na Função Pública. São estes que escolhem quem governa o país e enquanto isto não mudar, vão ser sempre os mesmos a pagar a fatura.”
Este sábado : Dia Internacional da Mulher vai ter marcha nocturna
A plataforma de acção “Dia Internacional das Mulheres” organiza no sábado, pela primeira vez, uma marcha nocturna na cidade do Luxemburgo. A marcha “Dia e noite – reclama os teus direitos” vai marcar a abertura das actividades do Dia Internacional da Mulher, que se assinala a 8 de Março.
Pela primeira vez, o Luxemburgo vai receber uma marcha nocturna pela mulher