Escolha as suas informações

CovidCheck poderá ser introduzido nas administrações comunais
Economia 19.10.2021
Covid-19

CovidCheck poderá ser introduzido nas administrações comunais

Covid-19

CovidCheck poderá ser introduzido nas administrações comunais

Foto: Anouk Antony/Luxemburger Wort
Economia 19.10.2021
Covid-19

CovidCheck poderá ser introduzido nas administrações comunais

Susy MARTINS
Susy MARTINS
A partir de 1 de novembro o CovidCheck chega à Horeca e às empresas, nestas últimas para os patrões que o quiserem aplicar.

À semelhança do setor privado, as autarquias poderão decidir se querem ou não introduzir o CovidCheck nas suas administrações comunais. Esta foi a principal conclusão da reunião desta segunda-feira, entre a ministra do Interior, Taina Bofferding, e o Sindicato Intercomunal das Cidades e Comunas Luxemburguesas (Syvicol).

No encontro, a ministra ressalvou que se a comuna decidir submeter os trabalhadores ao regime do CovidCheck é preciso garantir o acesso aos balcões à população, mesmo para os residentes que não estejam vacinados.

A introdução do CovidCheck nas empresas e administrações é facultativa. No entanto, se o empregador decidir introduzir a medida, os trabalhadores são obrigados a apresentar um dos três certificados que validam o CovidCheck para trabalhar nas instalações da empresa.


CovidCheck generalizado, ajuntamentos. O que muda a partir de 19 de outubro
A partir de agora, as crianças a partir de 12 anos e 2 meses devem apresentar o CovidCheck para aceder a eventos que adiram ao regime 'vacinado, recuperado ou testado'.

Durante a reunião entre a ministra do Interior e o Syvicol também ficou decidido prolongar o prazo para submeter à tutela os pedidos de reembolso devido às intempéries que assolaram o país no mês de julho deste ano.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas