Escolha as suas informações

Covid-19. Luxemburgo e Portugal sofrem impactos significativos nas exportações no turismo
Economia 18.06.2020

Covid-19. Luxemburgo e Portugal sofrem impactos significativos nas exportações no turismo

Covid-19. Luxemburgo e Portugal sofrem impactos significativos nas exportações no turismo

Foto: António Pires
Economia 18.06.2020

Covid-19. Luxemburgo e Portugal sofrem impactos significativos nas exportações no turismo

Alemanha e Bélgica deverão beneficiar ligeiramente em termos de exportações líquidas.

(hdb / Lusa) - O Luxemburgo é um dos países da zona euro que vão sofrer um "impacto significativo" em termos de exportações líquidas nas viagens, devido à covid-19. Já Portugal é dos países mais expostos à redução das exportações no setor do turismo, juntamente com Chipre, Malta e Grécia, refere o Boletim Económico divulgado hoje pelo Banco Central Europeu. 


Férias em Portugal. O que tem de saber se regressar ao país este verão
Ministério dos Negócios Estrangeiros publica folheto com informação e conselhos para os emigrantes portugueses que quiserem viajar para Portugal nestas férias.

 "Em contraste, Alemanha e Bélgica deverão beneficiar ligeiramente em termos de exportações líquidas, dado que são grandes importadores de serviços de viagens". O turismo internacional é contabilizado como exportação quando, por exemplo, um visitante estrangeiro gasta dinheiro num dado país, ao passo que as despesas com viagens são registadas como serviços de transporte.


Férias para que te quero
As agências de viagem vivem dias difíceis porque a crise mexeu com as férias de toda a gente. Enquanto a comunidade lusa privilegia Portugal, os luxemburgueses preferem destinos mais perto evitando correr riscos.

No total da zona euro, o BCE refere que as exportações de serviços caíram 10,6% e as importações 3,3% em março de 2020 face ao mesmo mês do ano anterior. O BCE relembra que, em 2019, as viagens para fora do bloco europeu representaram 988 mil milhões de euros, dos quais 124 mil milhões através de serviços de viagens, representando 17% do total.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas