Escolha as suas informações

Coreia convida 'start-ups' do Luxemburgo a concorrer a fundos internacionais
Economia 28.11.2022
Missão Económica

Coreia convida 'start-ups' do Luxemburgo a concorrer a fundos internacionais

Reunião do Grão-Duque Herdeiro, Guillaume, e a ministra das PME e Start-Ups da República da Coreia.
Missão Económica

Coreia convida 'start-ups' do Luxemburgo a concorrer a fundos internacionais

Reunião do Grão-Duque Herdeiro, Guillaume, e a ministra das PME e Start-Ups da República da Coreia.
Foto: SIP
Economia 28.11.2022
Missão Económica

Coreia convida 'start-ups' do Luxemburgo a concorrer a fundos internacionais

Madalena QUEIRÓS
Madalena QUEIRÓS
O Luxemburgo e a Coreia do Sul assinaram esta segunda um segundo memorando que prevê parcerias entre o Luxinnovation e o KAIST, considerado o MIT da Coreia do Sul.

Um convite dirigido à nova geração de start-ups do Luxemburgo para participarem no COMEUP 2023, um festival internacional que se realiza no próximo ano na Coreia do Sul. O acordo celebrado entre o Luxemburgo e a Coreia do Sul dá a oportunidade a novos projetos de conseguirem financiamento internacional,  afirmou a ministra das PMEs e Start-ups da Coreia do Sul, Lee young.

"Este é um festival internacional organizado pelo Governo da Coreia do Sul para o qual convidamos a nova geração de start-ups do Luxemburgo a participar", disse a ministra sul-coreana em declarações ao Contacto. Neste evento os empreendedores poderão apresentar-se e candidatar-se a fundos de empresas globais.


O Grão-Duque Herdeiro ladeado pelo ministro da Economia luxemburguês, Franz Fayot e o ministro da Ciência e Tecnologia da Coreia, Lee Jong-ho e as restantes autoridades que participaram na cerimónia de assinatura do acordo.
Luxemburgo e Coreia dão as mãos para explorar o Espaço
A Coreia quer lançar um veículo espacial em Marte em 2045.

Esta tarde de segunda-feira, o Luxemburgo e a República da Coreia assinaram ainda um segundo memorando que prevê parcerias entre o  Luxinnovation e o KAIST, considerado o MIT da Coreia do Sul. Lee Young espera que "haja mais trocas de tecnologia e de diplomados entre os dois países. Temos expectativas que este memorando facilite as trocas para que recebamos mais start-ups tecnológicas" na Coreia do Sul.  

A décima economia do mundo viu recentemente nascer 23 unicórnios, empresas que ultrapassaram o financiamento de mil milhões de dólares.

Durante a tarde realizou-se ainda o Fórum Empresarial Coreia-Luxemburgo que foi aberto pelo discurso inicial do Grão-Duque Herdeiro, Guillaume. Na sua intervenção destacou a vontade dos dois países de "intensificarem os laços económicos".  Identificando o setor do Espaço e das smart cities [cidades inteligentes] como as principais prioridades de desenvolvimento económico para o Grão -Ducado, afirmou que estes dois setores são áreas de oportunidade para "fortalecer as relações económicas entre os dois países".


Veja as imagens. Grão-Duque Herdeiro visitou o Palácio Real de Seul
Pouco depois de aterrar na capital da Coreia do Sul, o Grão-Duque Herdeiro, Guillaume, e o ministro da Economia, Franz Fayot, visitaram o Palácio Real de Seul.

Através do memorando assinado esta segunda, o Luxemburgo pretende apoiar "start-ups e PMEs da Coreia que queiram entrar no mercado europeu", sublinhou o Grão-Duque Herdeiro que desejou mais 60 anos de futuras boas relações entre os dois países. 

Em 2022, celebra-se o 60° aniversário das relações diplomáticas entre o Luxemburgo e a Coreia do Sul.

(Enviada especial à Coreia do Sul)

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas