Escolha as suas informações

Luxemburgo dá 15 milhões de euros ao orçamento de Cabo Verde para emprego e saúde
Economia 09.07.2021
Cooperação

Luxemburgo dá 15 milhões de euros ao orçamento de Cabo Verde para emprego e saúde

Cooperação

Luxemburgo dá 15 milhões de euros ao orçamento de Cabo Verde para emprego e saúde

Foto: Pixabay
Economia 09.07.2021
Cooperação

Luxemburgo dá 15 milhões de euros ao orçamento de Cabo Verde para emprego e saúde

O Grão-Ducado do Luxemburgo vai disponibilizar 15 milhões de euros de ajuda orçamental a Cabo Verde, destinados aos setores do emprego e empregabilidade e da saúde, enquadrado no quinto Programa Indicativo de Cooperação (PIC), conforme acordos assinados esta quarta-feira.

(HdB / Lusa) Os dois acordos de ajuda orçamental foram assinados, através de videoconferência, pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Integração Regional de Cabo Verde, Rui Figueiredo Soares, e pelo ministro da Cooperação e Ação Humanitária do Luxemburgo, Franz Fayot.

A ajuda luxemburguesa para o setor do emprego e empregabilidade é de 10 milhões de euros, enquanto para o setor da saúde é de 5 milhões de euros, sendo todas para um período de cinco anos, 2021-2025.

Os dois acordos fazem parte do novo Programa Indicativo de Cooperação (PIC), assinado em julho de 2020 pelos dois governos e terá uma componente de apoio financeiro do Luxemburgo de 78 milhões de euros, representando um aumento de 20 milhões de euros face ao programa ainda em execução.

Em declarações aos jornalistas, na cidade da Praia, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Cooperação e Integração Regional de Cabo Verde, Rui Figueiredo Soares, disse que a assinatura dos dois acordos está na linha da excelência da relação de cooperação e de diálogo político entre os dois países.

"E esta ajuda orçamental, num montante de 15 milhões de euros, neste contexto de pandemia, de luta contra a covid-19, é bem-vinda, que irá contribuir de forma decisiva para alavancar esses dois setores", salientou o chefe da diplomacia cabo-verdiana, dizendo que, no caso da saúde, os cinco milhões de euros vão ser investidos em infraestruturas e equipamentos.

O ministro reafirmou que o Luxemburgo é um dos principais parceiros de desenvolvimento de Cabo Verde. "Um parceiro fiável, previsível, que tem respondido sempre com prontidão às grandes demandas de cooperação do desenvolvimento do nosso país".  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Além dos donativos previstos para 2020, Luxemburgo e Cabo Verde deverão assinar o quinto Programa Indicativo de Cooperação, orçado em 60 milhões de euros, durante a visita de Estado do Presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, ao Grão-Ducado, marcada entre os dias 31 de março e 2 de abril.
O ministro dos Negócios Estrangeiros, Jean Asselborn, encontra-se hoje em visita de trabalho a Cabo Verde. Esta é a primeira vez que Asselborn vai a Cabo Verde enquanto ministro, e apenas por um dia, para abordar as relações bilaterais entre os dois países.
26.12.2017 Luxembourg, Ministère des affaires étrangères, Jean ASSELBORN ministre photo Anouk Antony