Escolha as suas informações

Congresso dos EUA prepara quinto plano de ajuda no combate à pandemia
Economia 2 min. 10.05.2020

Congresso dos EUA prepara quinto plano de ajuda no combate à pandemia

Congresso dos EUA prepara quinto plano de ajuda no combate à pandemia

Foto: AFP
Economia 2 min. 10.05.2020

Congresso dos EUA prepara quinto plano de ajuda no combate à pandemia

Lusa
Lusa
O governo americano emitiu diretrizes para reabrir as economias estaduais, mas arquivou um relatório do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças, que a oposição considerava fundamental para evitar novas vagas da pandemia

Os democratas no Congresso dos EUA estão a preparar um quinto pacote de ajuda na luta contra a pandemia de covid-19, perante a saída de cena do Presidente Donald Trump, disseram congressistas.

Na Câmara de Representantes e no Senado, os legisladores democratas estão a preparar propostas de estratégia nacional para testes de contaminação, que serão apresentados nos próximos dias, e de novas ajudas financeiras a famílias e empresas.

“Isto vai ser connosco”, disse Mikie Sherrill, congressista democrata da Câmara de Representantes, referindo-se aos planos para a contenção da propagação do novo coronavírus.


Covid-19. Obama classifica de "desastre caótico absoluto" gestão Trump da pandemia
O ex-presidente dos EUA tinha já deixado entender que Trump tinha rejeitado os avisos sobre os riscos da pandemia.

Os democratas consideram que o Presidente se está a demitir de responsabilidades, numa fase crucial do combate à pandemia, quando vários Estados começam a reabrir a sua economia.

O Congresso norte-americano vai preparar um quinto pacote de ajuda na luta contra a pandemia, num esforço que foi considerado como “Rooseveltiano” pelo líder da minoria democrata no Senado, Chuck Schumer, comparando-o aos planos que foram delineados pelo Presidente Franklin D. Roosevelt, durante a Grande Depressão, no primeiro terço do século XX.

Os democratas acusam Donald Trump de não estar a fazer o suficiente para evitar uma “catástrofe sanitária e financeira”, na expressão da líder da maioria democrata na Câmara de Representantes, Nancy Pelosi.

O Governo emitiu diretrizes para reabrir as economias estaduais, mas arquivou um relatório do Centro de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC), que a oposição considerava ser fundamental para evitar novas vagas da pandemia.

Mas o Partido Republicano e membros do Governo de Trump, assim como alguns especialistas, consideram que não é tarefa do Congresso preparar planos para o combate à pandemia.


Trump desvaloriza o segundo caso de covid-19 na Casa Branca
Os Estados Unidos registaram 1.635 mortes causadas pela covid-19 nas últimas 24 horas, elevando para mais de 75 mil o número total de óbitos desde o início da epidemia no país, foi este sábado anunciado.

“É muita coisa para o Congresso assumir”, disse Andy Slavitt, ex-funcionário federal do Departamento de Saúde perante o Comité de Energia e Comércio, na sexta-feira.

Também o congressista republicano Tom Cole, do estado de Oklahoma, disse que os projetos de combate à pandemia e de revitalização da economia são responsabilidade da Casa Branca e apelou aos democratas para evitarem dissensões que podem sair muito caras aos EUA.


Nos Estados Unidos foram registados mais de 1.300.000 casos de contágio e mais de 78.000 mortes com covid-19.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 276 mil mortos e infetou mais de 3,9 milhões de pessoas em 195 países e territórios.

Mais de 1,3 milhões de doentes foram considerados curados.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Para combater a pandemia, os governos mandaram para casa 4,5 mil milhões de pessoas (mais de metade da população do planeta), encerraram o comércio não essencial e reduziram drasticamente o tráfego aéreo, paralisando setores inteiros da economia mundial.

Face a uma diminuição de novos doentes em cuidados intensivos e de contágios, vários países começaram a desenvolver planos de redução do confinamento e em alguns casos a aliviar diversas medidas.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas