Escolha as suas informações

Confiança dos consumidores recuou em novembro
Economia 27.11.2020

Confiança dos consumidores recuou em novembro

Confiança dos consumidores recuou em novembro

Foto: Pierre Matgé
Economia 27.11.2020

Confiança dos consumidores recuou em novembro

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
Também as intenções em termos de compras importantes foram reduzidas significativamente, para -17.

O indicador de confiança dos consumidores estabelecido pelo Banco Central do Luxemburgo recuou em novembro, com algumas componentes a evoluir de forma contrastada. Segundo os dados divulgados esta sexta-feira, o índice de confiança desceu para -13 este mês, quando em outubro registava -9.

A pontuação do índice de confiança dos consumidores é determinada através de quatro componentes de perceção: a situação económica do Luxemburgo, a situação financeira passada e futura das famílias e a perspetiva em relação à capacidade de poupança das mesmas.

Em novembro, a perceção das famílias sobre a sua situação financeira anterior voltou a aumentar, para os 2 pontos (em outubro tinha subido para -3). As expectativas das famílias quanto à sua situação financeira nos próximos 12 meses mantiveram-se estáveis, em -1 (-1 também em outubro), enquanto a apreciação sobre a situação económica geral no Luxemburgo registou o maior recuo, chegando aos -36 pontos (-21 em outubro).

Além disso, as intenções em termos de compras importantes foram reduzidas significativamente, para -17 (-11 em outubro).  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Confiança dos consumidores recupera em julho
A confiança dos consumidores recuperou em julho. De acordo com o Banco Central do Luxemburgo (BCL), o indicador situou-se nos 17 pontos, acima dos 14 pontos registados no mês anterior e também no mesmo mês de 2017. No entanto, a preocupação com o desemprego agravou-se.
BCL: Confiança dos consumidores atinge recorde no Luxemburgo
A confiança dos consumidores atingiu um máximo histórico em janeiro deste ano. De acordo com o indicador medido pelo Banco Central do Luxemburgo, a confiança atingiu os 20 pontos, numa forte valorização após, em dezembro, ter descido para os 15 pontos.
Consumidores do Luxemburgo estão menos confiantes
Os consumidores residentes no Luxemburgo estão menos confiantes. De acordo com os dados do Banco Central do Luxemburgo, o indicador de confiança dos consumidores caiu significativamente em dezembro do ano passado, depois de três meses consecutivos a subir.