Escolha as suas informações

Comissão Europeia revê previsão de crescimento do Luxemburgo em baixa

Comissão Europeia revê previsão de crescimento do Luxemburgo em baixa

Foto: Steve Eastwood
Economia 07.02.2019

Comissão Europeia revê previsão de crescimento do Luxemburgo em baixa

A Comissão Europeia reviu em baixa a previsão de crescimento do Luxemburgo para este ano. Nas previsões intercalares de inverno, Bruxelas prevê que o Grão-Ducado cresça 2,5% em 2019, valor que compara com os 3% avançados no relatório anterior, publicado no outono.


A justificar a revisão em baixa está o facto de a economia mundial e da zona euro estar a abrandar. O capítulo dedicado ao Luxemburgo sublinha que o recente abrandamento do comércio mundial e do crescimento da zona euro contribuíram para a elevada volatilidade do mercado financeiro. Ora, a tendência é para que este cenário se mantenha, pelo que as perspetivas de crescimento do setor financeiro e da economia como um todo enfraqueceram. O comércio externo deverá cair e o Luxemburgo, como pequena economia aberta está particularmente exposta.

O Luxemburgo não é caso único. A revisão em baixa afeta também a Alemanha, França, Portugal, Itália entre outros. Itália é o país que vai crescer menos este ano: 0,2%, uma forte baixa face aos 1,2% previstos no outono.


Notícias relacionadas

DBRS : Triplo A para o Luxemburgo
A agência de notação DBRS confirmou o triplo A para o Luxemburgo e justifica a nota com a boa performance das finanças públicas do país.
DBRS confirmou "AAA" à economia luxemburguesa
EDITORIAL: A fatura dos imigrantes
“Mais de metade do eleitorado trabnão mudar, vão ser sempre os mesmos a pagar a fatura.” alha na Função Pública. São estes que escolhem quem governa o país e enquanto isto não mudar, vão ser sempre os mesmos a pagar a fatura.”
OCDE: Economia continua a acelerar
A economia da zona euro deve continuar a acelerar na zona euro, de acordo com os dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico.
DBRS: Novo triplo A para o Luxemburgo
O Luxemburgo recebeu uma nova notação Triplo A da agência de notação financeira DBRS. Foi a primeira vez que a agência realizou uma análise para a economia luxemburguesa.
The DBRS rating follows identical scores issued by three other major agencies: S&P, Fitch and Moody's.