Escolha as suas informações

CNS. Reservas dos seguros-dependência aumentam para 315 milhões de euros
Economia 24.07.2020

CNS. Reservas dos seguros-dependência aumentam para 315 milhões de euros

CNS. Reservas dos seguros-dependência aumentam para 315 milhões de euros

Economia 24.07.2020

CNS. Reservas dos seguros-dependência aumentam para 315 milhões de euros

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
Apesar do aumento acentuado nos gastos, a diferença entre receita e despesa permanece positiva.

 A reserva geral dos seguros de dependência da Caixa Nacional de Saúde (CNS) aumentou no ano passado para 315,2 milhões. De acordo com as contas anuais e o balanço final de 2019 apresentado agora pela CNS, são mais 54,2 milhões de euros em relação a 2018 (261 milhões).

Os gastos com o seguro de dependência cresceram 9,5%, devido ao crescimento acentuado do número de beneficiários, às adaptações adicionais em 2018 relacionadas à lei de reforma e à mudança acentuada nos valores monetários para residências e estabelecimentos, a partir de 1 de janeiro de 2019.

Do lado das receitas, o aumento foi de 7% no ano passado, explicado pelo aumento das receitas das contribuições e pelo aumento da participação fixa do Estado em 40% das despesas correntes.

Apesar do aumento acentuado nos gastos, a diferença entre receita e despesa permanece positiva, nos 54 milhões de euros. Para a CNS, a situação financeira permanece assim favorável.

Ainda segundo os números da CNS apresentados em comunicado, no final de 2019 havia 14.684 pessoas beneficiárias do seguro de dependência, representando um aumento de 3,3% face ao ano anterior.

As pessoas que receberam cuidados domiciliários representavam 61% do total de beneficiários de cuidados de saúde (41% das despesas dos serviços), enquanto os restantes 39% receberam cuidados em estabelecimentos (59% das despesas dos serviços).  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas