Escolha as suas informações

Primeiras estimativas apontam para 50 milhões de euros de prejuízos
Economia 15.07.2021
Chuvas torrenciais

Primeiras estimativas apontam para 50 milhões de euros de prejuízos

Rosport
Chuvas torrenciais

Primeiras estimativas apontam para 50 milhões de euros de prejuízos

Rosport
Foto: Guy Jallay
Economia 15.07.2021
Chuvas torrenciais

Primeiras estimativas apontam para 50 milhões de euros de prejuízos

Susy MARTINS
Susy MARTINS
A Associação das Companhias de Seguros (ACA) avalia os prejuízos causados pelas intempéries em 50 milhões de euros.

O balanço da ACA é ainda provisório. As inundações, causadas pela chuva que se abate sobre o país há horas a fio, não provocaram feridos mas os danos materiais são avultados.


Hesperange.
Inundações, estradas cortadas e algumas escolas fechadas
Segundo as autoridades, a água deverá continuar a acumular esta quinta-feira, apesar da chuva cair com menos intensidade. Toda a informação atualizada.

Desde 1 de junho de 2017 que as seguradoras luxemburguesas propõem um "seguro inundações" como complemento ao seguro de habitação. 

Em troca de um suplemento financeiro, que varia em função da companhia, o seguro inundações cobre prejuízos até 200 mil euros por ano e por sinistro.

A Associação das Companhias de Seguros deixa ainda uma recomendação às pessoas sinistradas: tirar fotografias aos prejuízos e contactar o segurador para obter informação sobre os procedimentos de indemnização.


Cidades de Echternach e Vianden parcialmente evacuadas
Os residentes da cidade de Echternach vão ser evacuados esta tarde. A decisão acaba de ser tomada pela Corporação Grã-Ducal de Incêndio e Socorro (CGDIS) em colaboração com o burgomestre Yves Wengler.Em Vianden os moradores das imediações do rio Our também estão a ser evacuados.

Note-se ainda que não há prazo-limite para declarar os prejuízos, mas o quanto antes melhor.

Num comunicado a ACA sublinha que os seguradores estão mobilizados para acelerar a indemnização e responder o mais rapidamente possível a todas as solicitações.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas