Escolha as suas informações

Cerca de 35% de cargos em conselhos de administração ocupados por mulheres
Economia 22.11.2021
Administração pública

Cerca de 35% de cargos em conselhos de administração ocupados por mulheres

Françoise Thoma, a atual vice-presidente do conselho de administração da Luxair.
Administração pública

Cerca de 35% de cargos em conselhos de administração ocupados por mulheres

Françoise Thoma, a atual vice-presidente do conselho de administração da Luxair.
Foto: Gerry Huberty
Economia 22.11.2021
Administração pública

Cerca de 35% de cargos em conselhos de administração ocupados por mulheres

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
Governo quer que taxa aumente para os 40%.

A percentagem de mulheres nos conselhos de administração de instituições públicas luxemburguesas está a aumentar. Segundo uma resposta parlamentar conjunta da ministra da Igualdade, Taina Bofferding, e do ministro da Economia, Franz Fayot, as instituições públicas estão a nomear mais mulheres.

Segundo os dados de Franz Fayot, a 30 de junho de 2021 a taxa total de mulheres nos conselhos de administração dos estabelecimentos públicos era de 35,44%, ligeiramente superior aos 34,99% de 2020 e aos 27,41% do primeiro censo de 2015.


Casal grão-ducal marca o arranque da semana contra a violência sobre as mulheres e raparigas
No sábado, a marcha da solidariedade que se realizou em Esch-sur-Alzette reuniu várias figuras do Estado e ativistas de organizações que combatem a violência contra as mulheres.

Quanto à taxa de mulheres que representam o Estado nestes conselhos de administração é atualmente de 40,67%. 

O programa do Governo prevê uma representação de 40% de mulheres em conselhos de administração dos estabelecimentos públicos, pelo que os atuais 35% ainda não são suficientes.


Mulheres da UE trabalham sem receber ordenado até ao fim do ano
A contagem simbólica começou na quarta-feira e espelha a diferença salarial das mulheres face aos homens nas mesmas funções. Luxemburgo é líder europeu em matéria de igualdade salarial.

 Já nas empresas privadas, a taxa de mulheres que representam o Estado aumentou cerca de três pontos percentuais. A 30 de junho esta taxa era de 34,04%, enquanto em dezembro de 2020 era de 31,14% (em 2015 era apenas de 24,69%).  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.