Escolha as suas informações

Câmara dos Assalariados pede reforma fiscal e revalorização do abono de família
Economia 01.12.2022
OE 2023

Câmara dos Assalariados pede reforma fiscal e revalorização do abono de família

OE 2023

Câmara dos Assalariados pede reforma fiscal e revalorização do abono de família

Foto: Shutterstock
Economia 01.12.2022
OE 2023

Câmara dos Assalariados pede reforma fiscal e revalorização do abono de família

Susy MARTINS
Susy MARTINS
O organismo refere ainda que o Governo não prevê medidas específicas para lutar contra o risco de pobreza no Luxemburgo no próximo Orçamento de Estado.

A Câmara dos Assalariados do Luxemburgo (CSL) saúda as ajudas financeiras previstas no Orçamento de Estado para 2023 (OE2023) mas considera que estas não vão suficientemente longe.

Uma das principais críticas realçadas no parecer sobre o projeto de orçamento do Governo é o facto de não haver reforma fiscal. E pede que os rendimentos mais baixos tenham mais aligeiramentos fiscais. Adaptar os escalões fiscais à inflação é uma das soluções propostas pela CSL.


Portugueses são os mais pobres do Luxemburgo
As desigualdades estão a crescer no Grão-Ducado, revela Guillaume Osier do Statec em entrevista ao Contacto.


O organismo lamentar ainda que o Governo não prevê medidas específicas para lutar contra o risco de pobreza no Luxemburgo. "Incompreensível", no seu entender, quando se sabe que o risco de pobreza na população empregada é de 13%. Para além disso, a CSL quer uma revalorização do abono de família e do subsídio de vida cara.


Luxemburgo. Mais de 20% da população em risco de pobreza ou exclusão social em 2021
Já na UE, 21,7% da população estava em 2021 em risco de pobreza ou exclusão social.

Apesar de estar consciente que a guerra na Ucrânia complicou o panorama europeu e internacional, no geral, mas sublinha que os últimos anos têm demonstrado que as previsões económicas são sempre mais pessimistas se comparadas com o que acontece na realidade.

O Contacto tem uma nova aplicação móvel de notícias. Descarregue aqui para Android e iOS. Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.