Escolha as suas informações

Câmara do Comércio preocupada com impacto da crise nos trabalhadores com mais de 55 anos
Economia 09.09.2020

Câmara do Comércio preocupada com impacto da crise nos trabalhadores com mais de 55 anos

Câmara do Comércio preocupada com impacto da crise nos trabalhadores com mais de 55 anos

Foto: Pierre Matgé/Luxemburger Wort
Economia 09.09.2020

Câmara do Comércio preocupada com impacto da crise nos trabalhadores com mais de 55 anos

Diana ALVES
Diana ALVES
A Câmara do Comércio lamenta que não esteja a ser dada a devida atenção ao impacto que a crise atual terá nos trabalhadores com mais de 55 anos.

Numa nota na sua página da internet a estrutura diz reconhecer a gravidade do desemprego entre os jovens – cuja taxa de 26% no Luxemburgo é uma das mais elevadas da UE –, mas considera que é necessário não esquecer que a crise atual poderá ter "efeitos duradouros e severos" nas perspetivas de emprego dos trabalhadores com mais de 55 anos. A Câmara do Comércio frisa que "a pandemia de covid-19 provocou uma onda de choque no mercado de trabalho", levando a uma explosão do teletrabalho e a uma subida do desemprego, nomeadamente do desemprego parcial, que, no pico da crise, chegou a abranger 150.000 pessoas.

Segundo os últimos dados da Agência para o Desenvolvimento do Emprego (ADEM), referentes a julho, o desemprego dos residentes aumentou 26% num ano. Quanto às idades das pessoas inscritas nos centros de empregos, os dados da ADEM, que dividem os desempregados por três grupos etários, mostram que aqueles com mais de 45 anos são os mais numerosos (7.971). Porém, são a faixa etária com a menor subida anual da taxa de desemprego: 16% contra os 42,5% dos desempregados com menos de 30 anos.

A Câmara do Comércio organiza esta quarta-feira, a partir das 10:30, uma videoconferência em formato mesa redonda na plataforma Zoom. O link de acesso está disponível no site da Câmara do Comércio

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas