Escolha as suas informações

Cactus adapta-se às novas restrições com destaque para o Natal
Economia 27.10.2020

Cactus adapta-se às novas restrições com destaque para o Natal

Cactus adapta-se às novas restrições com destaque para o Natal

Foto: Guy Jallay
Economia 27.10.2020

Cactus adapta-se às novas restrições com destaque para o Natal

O gigante da distribuição luxemburguesa já está a preparar-se para receber menos clientes por metro quadrado. A segurança vai ser reforçada. Em frente ao supermercado de Bertrange deverá ser montada uma tenda para abrigar quem tem de esperar a vez para entrar.

Com o país a enfrentar o aumento de novos casos de infeção pelo novo coronavírus, todos os setores estão a ser reequacionados. O comércio não é excepção. A pouco mais de dois meses das épocas festivas de dezembro, o Cactus anunciou o seu próprio plano de contenção para fazer face à limitação de clientes por metro quadrado. 

Tal como o recolher obrigatório das 23h às 6h, a medida ainda não foi aprovada na Câmara dos deputados. De qualquer forma, a Ministra da Saúde, Paulette Lenert, indicou, esta segunda-feira, que queria limitar o número de clientes a um por 10m² em grandes superfícies de mais de 400 m², a fim de evitar uma possível propagação do vírus. 

À espera de instruções precisas, o gigante do retalho luxemburguês já fez saber que pretende montar uma tenda em frente ao supermercado de Bertrange para abrigar quem tem de esperar a vez para entrar. 

"Esta é uma medida, entre outras, relativa às reuniões e ouso esperar que todos se agarrem a ela, porque um segundo encerramento seria catastrófico", disse o diretor do grupo, em entrevista ao Paperjam.  "Todos devem assumir a responsabilidade de respeitar as instruções e os gestos de barreira, continuamos a assumir a nossa quota-parte de responsabilidade como empresa. O novo quadro está definido, é dentro deste quadro que todos devemos evoluir" admitiu Laurent Schonckert. 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.