Escolha as suas informações

Bruxelas revê em alta crescimento económico do Luxemburgo

Bruxelas revê em alta crescimento económico do Luxemburgo

Foto: Pierre Matgé
Economia 07.02.2018

Bruxelas revê em alta crescimento económico do Luxemburgo

A Comissão Europeia reviu hoje em alta as previsões de crescimento económico do Grão-Ducado para este ano.

A Comissão Europeia reviu hoje em alta as previsões de crescimento económico do Grão-Ducado para este ano.

O relatório de Bruxelas sobre as previsões de inverno aponta para um crescimento de 3,9% este ano e de 3,6% em 2019. Estes valores ficam bem acima dos indicados no relatório de outono publicado no ano passado, em que se estimava um crescimento de 3,5% para este ano e de 3,3% para 2019.

No capítulo dedicado ao Luxemburgo, a Comissão Europeia explica, então, que o crescimento deve acelerar em 2018, antes de abrandar no próximo ano e nota que em 2017, o Produto Interno Bruto (PIB) avançou 3,4%, depois de um crescimento de 3,1% em 2016.

O consumo privado deverá continuar a crescer de forma moderada este ano, sobretudo devido a um aumento da criação de emprego entre os residentes e a um aumento do rendimento devido à indexação salarial.

No entanto, a Comissão Europeia volta a alertar para alguns riscos, que podem ameaçar a concretização do consumpo privado. Trata-se do alto nível de endividamento com a compra de casa e do elevado peso das dívidas no total do rendimento das famílias.

Por outro lado, o setor da construção vai manter o bom desempenho, sustentado tanto no crescimento de projetos privados como de projetos associados a infraestruturas públicas. O setor externo vai manter-se robusto, muito por causa da melhoria do ambiente externo, sobretudo na zona euro. Assim, no total, o PIB deverá crescer 3,9% este ano.

Paula Cravina de Sousa


Notícias relacionadas

Crescimento económico do Luxemburgo começa a desvanecer-se
A Comissão Europeia voltou a rever em baixa as previsões de crescimento económico do Grão-Ducado. A economia deve avançar 3,1% este ano e abrandar a partir daí para 3% em 2019, até aos 2,7% em 2020. As estimativas constam do relatório da Previsão Económica de Outono da Comissão Europeia publicadas hoje.
Ban de Gasperich - Chantier - Photo : Pierre Matgé
Comissão Europeia revê em baixa crescimento do Luxemburgo para 3,5%
A economia do Grão-Ducado deverá crescer 3,5% este ano e 3,3% no próximo ano. As estimativas constam do relatório da Previsão Económica de Verão da Comissão Europeia que foi hoje divulgado. Os valores hoje apresentados representam uma revisão em baixa face à previsão da Primavera, divulgada em maio, que apontava para um crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) de 3,7% para este ano e de 3,5% para 2019.
O comissário europeu para os Assuntos Económicos e Financeiros, Pierre Moscovici, apresentou hoje as Previsões Económicas de Verão da Comissão Europeia.
Comissão Europeia revê em baixa crescimento económico do Luxemburgo
A Comissão Europeia considera que o crescimento do Luxemburgo é volátil, mas assegura que as previsões económicas do país são favoráveis. Bruxelas traçou assim o cenário económico dos próximos anos nas projeções da primavera hoje divulgadas e reviu em baixa o crescimento estimado para este ano.
Previsões da UE: Economia vai crescer 3,1%
O Luxemburgo deverá crescer este ano 3,1%, 3,2% em 2016 e 3% em 2017. Na zona euro, o Luxemburgo só é ultrapassado por Malta e pela Irlanda, segundo as previsões económicas da Comissão Europeia divulgadas hoje.
O sector bancário continua a ser o motor da economia luxemburguesa