Escolha as suas informações

Brexit: Opositores ao ‘Brexit’ ponderam criar novo partido político

Brexit: Opositores ao ‘Brexit’ ponderam criar novo partido político

Foto: AFP
Economia 11.08.2017

Brexit: Opositores ao ‘Brexit’ ponderam criar novo partido político

Opositores da saída do Reino Unido da União Europeia (UE) estão a ponderar a criação de um partido político anti-‘Brexit’.

Opositores da saída do Reino Unido da União Europeia (UE) estão a ponderar a criação de um partido político anti-‘Brexit’.

James Chapman, antigo assessor do ministro para o ’Brexit’, David Davis, é atualmente uma das vozes mais críticas da saída do país da UE.

Em declarações à imprensa nos últimos dias, Chapman tem defendido a criação de um novo partido político centrista, uma vez que tanto os Conservadores, no poder, como os Trabalhistas, na oposição, têm afirmado que vão em frente com o processo de saída.

“Há atualmente um enorme espaço ao centro na política britânica” que podia ser preenchido por uma força anti-‘Brexit’, disse Chapman.

Segundo o ex-assessor, “pessoas muito interessantes”, incluindo dois membros do governo da primeira-ministra Theresa May, contactaram-no para manifestar apoio à ideia.

O ex-primeiro-ministro trabalhista Tony Blair (1997-2007) também apelou recentemente para uma união dos políticos pró-europeus dos vários partidos britânicos.

Chapman, um antigo jornalista que integrou o gabinete de David Davis até junho, escreveu esta semana no Twitter que “o ‘Brexit’ é uma catástrofe” e pediu aos “deputados sensatos” que revertam o processo de saída da UE.

Chapman sugeriu que o novo partido se chame Democratas, apesar de vários políticos sustentarem que o ‘Brexit’ foi uma escolha democrática dos eleitores britânicos, consagrada no referendo de junho de 2016, e seria errado ignorar essa escolha.

O Reino Unido está atualmente a negociar a saída da UE, para o que dispõe de um prazo de dois anos, a contar da data em que acionou formalmente o artigo 50.º do Tratado de Lisboa, em março.


Notícias relacionadas

Brexit: David Cameron anuncia demissão
O primeiro-ministro britânico, David Cameron, anunciou hoje a intenção de se demitir em Outubro, na sequência do referendo em que os britânicos decidiram pela saída do Reino Unido da União Europeia.
Britain's Prime Minister David Cameron leaves Number 10 Downing Street with his wife Samantha, to speak after Britain voted to leave the European Union, in London, Britain June 24, 2016.    REUTERS/Phil Noble