Escolha as suas informações

Bettel diz que teletrabalho não é solução para tudo e pode ser perigoso
Economia 23.09.2020

Bettel diz que teletrabalho não é solução para tudo e pode ser perigoso

Bettel diz que teletrabalho não é solução para tudo e pode ser perigoso

Foto: Chris Karaba
Economia 23.09.2020

Bettel diz que teletrabalho não é solução para tudo e pode ser perigoso

Susy MARTINS
Susy MARTINS
"Trabalhar a partir de casa não é a solução para tudo nesta crise sanitária", diz o primeiro-ministro.

Numa conferência de imprensa após o Conselho de Ministros, o primeiro-ministro, Xavier Bettel, disse que o teletrabalho continua a ser uma opção para as empresas, mas sublinhou que “trabalhar a partir de casa não é a solução para tudo nesta crise sanitária e que até pode ser perigoso”.

Por um lado, limitar as deslocações também limita a propagação da covid-19, mas há muitas empresas, segundo Bettel, que não podem recorrer a este tipo de trabalho porque o trabalho não pode ser efetuado à distância.

Para além disso o primeiro-ministro sublinha que se cada um trabalhasse constantemente a partir de casa, seria uma forma de isolamento, em que faltaria o contacto social com os colegas de trabalho.

O governante relembrou ainda que com o teletrabalho também há um risco de deslocalização das empresas e isso não seria bom para o país. 

A Horesca também tem sido um setor que tem sofrido com o teletrabalho, uma vez que os trabalhadores estão em casa e não consomem tanto fora do domicílio, o que pode ter consequências graves para este setor.

Nas próximas semanas o Governo deverá abordar esta questão do teletrabalho com os parceiros sociais, para avaliaram até que ponto as empresas podem recorrer a este tipo de trabalho no futuro. Para Bettel, as empresas que podem para já recorrer ao teletrabalho devem fazê-lo, mas está convicto de que trabalhar sempre a partir de casa não é o futuro.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Discurso sobre o estado da Nação: "O crescimento económico só não chega", diz Xavier Bettel
No seu discurso sobre o estado da Nação o primeiro-ministro Xavier Bettel falou não só da situação económica, financeira e social do país, que está melhor do que há três anos, insistiu várias vezes, mas também abordou assuntos como a habitação, o ensino e os transportes públicos, sem esquecer as questões de política estrangeira como o Brexit, a unidade europeia e a luta internacional contra o terrorismo.
25.4.IPO / Xavier Bettel / Chamber / Etat de la Nation / Beginn der Rede / vor dem Abrruch Foto:Guy Jallay