Escolha as suas informações

BCE está preparado para “aumentar o programa de compra de activos”
Economia 06.02.2017 Do nosso arquivo online

BCE está preparado para “aumentar o programa de compra de activos”

 Mario Draghi

BCE está preparado para “aumentar o programa de compra de activos”

Mario Draghi
Foto: Reuters
Economia 06.02.2017 Do nosso arquivo online

BCE está preparado para “aumentar o programa de compra de activos”

O Banco Central Europeu está preparado para manter e aumentar a política de estímulos à economia da zona euro se for necessário. Já não é a primeira vez que o presidente daquela instituição o afirma.

O Banco Central Europeu está preparado para manter e aumentar a política de estímulos à economia da zona euro se for necessário. Já não é a primeira vez que o presidente daquela instituição o afirma.

Mario Draghi considera que a região da moeda única tem recuperado, mas há ainda um grau elevado de incerteza política e económica.

Além disso, os preços ainda têm subido mais à custa da energia - como o petróleo – do que ao crescimento da economia e do mercado de trabalho.

Perante o Parlamento Europeu, Draghi disse, por isso, que o apoio das medidas de política monetária ainda é necessário “para as taxas de inflação convergirem rumo ao objetivo com confiança suficiente”.

A meta do BCE é que a inflaçâo se situe nos 2%.

As afirmações foram feitas numa altura em que as críticas da Alemanha relativamente às políticas de compra de ativos e de juros baixos sobem de tom.

Draghi dirigiu-se mesmo à Alemanha pedindo paciência e argumentando que as taxas de juro baixas têm como objetivo garantir juros mais altos no futuro.


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

A taxa de inflação da zona euro desceu para os 1,5% em março, depois de em fevereiro se ter fixado nos 2%. A queda foi superior à esperada pelos analistas, que previam que ficasse nos 1,8%.
O Banco Central Europeu (BCE) manteve hoje as taxas de juro inalteradas bem como o programa de ativos. A decisão anunciada pelo presidente da instituição, Mario Draghi, já era esperada pelos analistas.
O presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, manteve o programa de estímulos à economia da zona euro.
O Banco Central Europeu manteve inalterada a política de estímulos lançada em Março. O presidente daquele organismo, Mario Draghi, espera para ver o impacto que as medidas adoptadas terão nos próximos meses.
O presidente o Banco Central Europeu, Mario Draghi, espera para ver o impacto que as medidas anunciadas em Março terão na eocnomia