Escolha as suas informações

Banco Central Europeu mantém estímulos à economia
O Banco Central Europeu vai manter as taxas de juro em níveis baixos e negativos durante um período alargado

Banco Central Europeu mantém estímulos à economia

Foto: Reuters
O Banco Central Europeu vai manter as taxas de juro em níveis baixos e negativos durante um período alargado
Economia 08.09.2016

Banco Central Europeu mantém estímulos à economia

O Banco Central Europeu manteve as taxas de juro inalteradas bem como o seu programa de compra de activos nos 80 mil milhões de euros, decisão que já era esperada pelos analistas.

O Banco Central Europeu manteve as taxas de juro inalteradas bem como o seu programa de compra de activos nos 80 mil milhões de euros, decisão que já era esperada pelos analistas.

Com estes estímulos, o presidente do BCE, Mario Draghi, tenta reanimar a inflação e o crescimento na zona euro.

Contudo, as medidas têm sido consideradas insuficientes, pelo que o mercado espera que sejam dados novos estímulos antes do final do ano.

Assim, o BCE manteve a sua taxa de depósitos nos -0,4%, fazendo com que os bancos tenham de pagar para terem o dinheiro parqueado no banco central, e manteve a taxa de juro de central nos 0%, taxa que determina o custo do crédito à economia.

Por sua vez, o programa de compra de activos foi mantido até Março com a promessa de que, se a economia continar a precisar, o programa poderá ser estendido. O banco central afirmou ainda que prevê manter a sua política de juros baixos durante um período alargado, sinalizando aos investidores que não haverá surpresas tão depressa.


Notícias relacionadas

Zona euro: BCE mantém juros inalterados
O Banco Central Europeu (BCE) manteve hoje as taxas de juro inalteradas bem como o programa de ativos. A decisão anunciada pelo presidente da instituição, Mario Draghi, já era esperada pelos analistas.
O presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, manteve o programa de estímulos à economia da zona euro.