Escolha as suas informações

Banco Central do Luxemburgo: Confiança dos consumidores bate recorde
Economia 07.12.2017 Do nosso arquivo online

Banco Central do Luxemburgo: Confiança dos consumidores bate recorde

Banco Central do Luxemburgo: Confiança dos consumidores bate recorde

Imagem: Shutterstock
Economia 07.12.2017 Do nosso arquivo online

Banco Central do Luxemburgo: Confiança dos consumidores bate recorde

Os consumidores luxemburgueses nunca estiveram tão otimistas, de acordo com o Banco Central do Luxemburgo (BCL). A confiança dos consumidores disparou em novembro, registando um novo máximo histórico.

Os consumidores luxemburgueses nunca estiveram tão otimistas, de acordo com o Banco Central do Luxemburgo (BCL). A confiança dos consumidores disparou em novembro, registando um novo máximo histórico.

O inquérito mensal do BCL revela que todas as componentes do indicador evoluíram de forma positiva. As expetativas das famílias quanto à sua situação financeira e capacidade de poupança foram revistas em alta.

Os consumidores mostram-se ainda menos preocupados com a situação económica do país e a evolução do desemprego.

Este indicador é calculado através de inquéritos a consumidores particulares, medindo as suas expetativas para os próximos 12 meses.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

Confiança dos consumidores recupera em maio
A confiança dos consumidores recuperou ligeiramente em maio face a abril. De acordo com os dados do Banco Central do Luxemburgo (BCL), o indicador subiu para 14 pontos, acima dos 13 pontos registados no mês anterior.
Consumidores do Luxemburgo estão menos confiantes
Os consumidores residentes no Luxemburgo estão menos confiantes. De acordo com os dados do Banco Central do Luxemburgo, o indicador de confiança dos consumidores caiu significativamente em dezembro do ano passado, depois de três meses consecutivos a subir.
Luxemburgo: Confiança dos consumidores subiu em Agosto
A confiança dos consumidores que residem no Luxemburgo melhorou em Agosto. O indicador é medido através de quatro componentes: a situação económica do Grão-Ducado, o desemprego, a situação financeira dos lares e a perspectiva em relação à capacidade de poupança dos mesmos.
A confiança subiu dos sete para os dez pontos