Escolha as suas informações

ArcelorMittal quer vender unidade de Dudelange

ArcelorMittal quer vender unidade de Dudelange

Foto: Guy Jallay
Economia 13.04.2018

ArcelorMittal quer vender unidade de Dudelange

A gigante do aço ArcelorMittal está disponível para se desfazer de alguns ativos, entre os quais a unidade de Dudelange. Tudo para que a Comissão Europeia dê luz verde à compra do grupo italiano Ilva. O ministro da Economia, Étienne Schneider, já disse estar contra esta cedência.

A gigante do aço ArcelorMittal está disponível para se desfazer de alguns ativos, entre os quais a unidade de Dudelange. Tudo para que a Comissão Europeia dê luz verde à compra do grupo italiano Ilva. O ministro da Economia, Étienne Schneider, já disse estar contra esta cedência.

Trata-se de uma unidade com cerca de 300 trabalhadores e uma capacidade de produção de 900 mil toneladas por ano. Não está em causa o encerramento, mas a venda a outro grupo, para que esta unidade saia do perímetro de atividade da empresa.

Além de Dudelange há outras localizações em causa como em Itália, Roménia, Macedónia, República Checa e Bélgica.

O grupo de siderurgia já disse que uma eventual cedência destas atividades depende da realização do negócio com a Ilva. A decisão de Bruxelas deve ser conhecida até 23 de maio.

A ArcelorMittal submeteu o projeto de negócios à análise da Comissão Europeia a 21 de setembro do ano passado, mas Bruxelas considerou que a sua concretização pode reduzir a concorrência. Aquela será assim uma forma de obter a moeda de troca para conseguir a autorização.

O ministro da Economia afirmou, em comunicado, que desaprova a intenção da ArcelorMittal de vender aquela unidade a um grupo desconhecido para responder às preocupações de Bruxelas. Schneider promete intervir diretamente junto da ArcelorMittal bem como da Comissão para que a unidade de Dudelange continue propriedade do grupo. Para o governante, a posição de Bruxelas impede que a ArcelorMittal se afirme como um grupo europeu de topo capaz de competir no mercado mundial.


Notícias relacionadas