Escolha as suas informações

Anúncios publicitários diminuíram 15,7% em 2020
Economia 29.03.2021

Anúncios publicitários diminuíram 15,7% em 2020

O cinema foi o meio de comunicação que registou as maiores quebras.

Anúncios publicitários diminuíram 15,7% em 2020

O cinema foi o meio de comunicação que registou as maiores quebras.
Foto: Anouk Antony/Luxemburger Wort
Economia 29.03.2021

Anúncios publicitários diminuíram 15,7% em 2020

Henrique DE BURGO
Henrique DE BURGO
Em 2020 o investimento bruto em publicidade foi de 124,3 milhões, menos 23,2 milhões em comparação com os gastos efetuados em 2019 (147,5 milhões) e a pandemia é a principal culpada.

Como seria de esperar, a crise pandémica afetou também o setor publicitário no Luxemburgo, que registou uma quebra de 15,7% nos anúncios em 2020, em comparação com o ano anterior.

De acordo com os números divulgados recentemente pela federação das empresas de publicidade, Espace Pub, e pela empresa global de gestão de informação, Nielsen NV, em 2020 o investimento bruto em publicidade foi de 124,3 milhões, menos 23,2 milhões em comparação com os gastos efetuados em 2019 (147,5 milhões).

A justificar esta perda estão o encerramento temporário das salas de cinema, do comércio não essencial, dos restaurantes e bares, e dos locais culturais, refere o relatório. O segundo trimestre foi o que registou a maior quebra, com -38,9% de investimentos, enquanto o primeiro registou -12,5%, o terceiro -5,5% e o quarto -6,7%.

Entre os diferentes tipos de media que mais perderam dinheiro com os anúncios, destaque para o cinema, com -61,5%, revistas, com -35,9% e semanários, com -34,5%. Já a publicidade na televisão baixou 16,6%, nos jornais diários -13,5%, na internet -17,9% e na rádio -11,2%.

Por grupos económicos, os serviços bancários ou financeiros foram os únicos a aumentar os investimentos em publicidade, com mais 2,8% entre 2019 e 2020. O grupo agricultura e indústria registou o maior desinvestimento, com -57,5%, seguido do setor do vestuário e acessórios, com -27% e dos transportes, com -25,5%. 


Outro apoio. Governo já gastou 1,3 milhões de euros em anúncios nos media
Só o Saint Paul arrecadou pelo menos 258 mil euros. À frente só a RTL. Até aqui, foram 343.560 euros em publicidade institucional.

Quanto aos maiores investidores em publicidade no Luxemburgo, durante 2020, o grupo Cactus, a Post e o banco BCEE mantêm as três primeiras posições de 2019. Entre a primeira metade do 'top 20' divulgado no relatório a cadeia de lojas Aldi surge em quarto lugar, a operadora Proximus (Tango) está em quinto e o importador de automóveis Losch em sexto. 

O 7° lugar da tabela é ocupada pelo marca de automóveis alemã BMW, seguida da marca francesa Renault. Em 9° lugar surge o  Ministério da Saúde, graças às campanhas relacionadas com a pandemia. O 'top 10' e ainda completado pelo banco BIL.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas