Escolha as suas informações

Luxemburgo é o terceiro país da UE onde o pão é mais caro
Economia 20.08.2021
Alimentação

Luxemburgo é o terceiro país da UE onde o pão é mais caro

Alimentação

Luxemburgo é o terceiro país da UE onde o pão é mais caro

Economia 20.08.2021
Alimentação

Luxemburgo é o terceiro país da UE onde o pão é mais caro

Ana TOMÁS
Ana TOMÁS
Só a Dinamarca e a Áustria ultrapassam o Grão-Ducado no preço do pão e cereais.

O Luxemburgo é o terceiro país da União Europeia (UE) onde o nível de preços do pão é mais caro. 

Segundo os dados de um estudo do Eurostat, divulgado esta sexta-feira, o nível de preços ao consumidor do pão e dos cereais no Grão-Ducado, quando comparado com o índice de nível de preços médio da UE (de 100), foi de 127. O que fez do Luxemburgo, em 2020 - ano a que fazem referência os dados mais recentes - o país com o terceiro índice mais alto, a seguir à Dinamarca (que teve um índice de nível de preços de 153) e à Áustria (com 135). Com o mesmo nível de preços que o Grão-Ducado (127) estavam também Finlândia e a Suécia, no estudo divulgado pelo gabinete de estatísticas europeu.

Portugal ficou ligeiramente abaixo do índice de nível de preços médio da UE, de 100, ainda que próximo desse valor. O país com o índice mais baixo, em 2020, foi a Roménia, com um nível de preços de 56.

A Suíça, que não pertence à UE mas que também é objeto de análise no estudo, foi o país com o índice de preços mais alto para o pão e cereais (cerca de 170), à semelhança do que acontece com os produtos alimentares, de uma forma geral. Os preços dos alimentos na Suíça são 68,2% mais elevados do que a média da União Europeia, referem os dados do Eurostat.

Em 2020, o preço do pão e dos cereais em toda a UE foi cerca de duas vezes e meia mais elevado no Estado-membro mais caro (Dinamarca- 153) do que no mais barato (Roménia - 56). 

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas