Escolha as suas informações

Afinal, só vai ser adiada a indexação prevista para julho
Economia 03.06.2022
Tripartida

Afinal, só vai ser adiada a indexação prevista para julho

Tripartida

Afinal, só vai ser adiada a indexação prevista para julho

Economia 03.06.2022
Tripartida

Afinal, só vai ser adiada a indexação prevista para julho

Susy MARTINS
Susy MARTINS
Caberá a uma nova tripartida (Governo, patronato e sindicatos) decidir se vai ou não adiar futuras indexações salariais.

O Governo decidiu de voltar atrás. Face a certas incertezas e incoerências do projeto de lei, que prevê o adiamento das futuras indexações de salário até 2024, o Governo decidiu manter somente o adiamento da indexação do mês de julho. 

Caberá a uma nova tripartida (Governo, patronato e sindicatos) decidir se vai ou não adiar futuras indexações salariais.

Uma decisão que foi comunicada esta manhã, aos deputados da comissão parlamentar tripartida e avançada por vários órgãos de comunicação social.

Concretamente, a indexação salarial prevista para o próximo mês de julho vai de facto ser adiada para o mês de abril de 2023. No entanto, caso ocorram outras indexações, para além desta, não serão adiadas como inicialmente previsto. 

Nesse caso, o Governo deverá convocar uma nova reunião tripartida com os parceiros sociais, para tentar encontrar um novo acordo.

Espera-se que o projeto de lei sobre a indexação dos salários vá a votos na semana antes da Festa Nacional (23 de junho).  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas