Escolha as suas informações

Acordo sobre orçamento europeu vai a segunda volta
Economia 4 21.02.2020 Do nosso arquivo online

Acordo sobre orçamento europeu vai a segunda volta

Acordo sobre orçamento europeu vai a segunda volta

AFP
Economia 4 21.02.2020 Do nosso arquivo online

Acordo sobre orçamento europeu vai a segunda volta

Telma MIGUEL
Telma MIGUEL
A saída do Reino Unido tornou o consenso mais difícil. A próxima cimeira especial deverá ser marcada para março.

Após dois dias de negociações intensas no edifício do Conselho Europeu, em Bruxelas, os 27 chefes de Estado e de Governo voltam para casa sem levar o acordo sobre o próximo orçamento europeu.

“Infelizmente, chegámos hoje à conclusão de que não é possível nesta cimeira chegar a um acordo”, disse Charles Michel, presidente do Conselho Europeu, sexta-feira ao fim da tarde. Os líderes europeus vinham preparados para ficar os dias que fosse preciso na capital belga, mas uma série de impasses impediram uma conclusão sobre a proposta em cima da mesa.

“Esta discussão sobre o orçamento é sempre difícil, mas desta vez a saída do Reino Unido tornou as coisas ainda mais complicadas”, disse Charles Michel aos jornalistas, explicando que houve, no entanto, um avanço nas negociações.

“Há diferentes opiniões à volta da mesa, mas a parte boa é que há uma convergência sobre a ideia de que devemos conseguir juntar os objetivos de apoiar o desenvolvimento regional e a agricultura e ao mesmo tempo modernizar, com a agenda climática e a digital e ainda as políticas de segurança e de migrações”.

Recorde-se que a proposta em discussão foi a apresentada pelo próprio presidente do Conselho Europeu e foi criticada por ter pouco dinheiro para cumprir muitos objetivos.

AFP

Ao mesmo tempo sofreu a oposição dos países mais ricos (o chamado grupo frugal que inclui a Holanda, Áustria, Dinamarca e Suécia) que não queriam aumentar as suas contribuições para os fundos.

A discussão sobre o orçamento para 2021-2027 deverá continuar numa próxima cimeira especial, ao que tudo indica a ser marcada para março.

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas