Escolha as suas informações

ACL apela a novas ajudas para compensar aumento dos combustíveis
Economia 09.11.2021
Combustíveis

ACL apela a novas ajudas para compensar aumento dos combustíveis

Combustíveis

ACL apela a novas ajudas para compensar aumento dos combustíveis

Foto: Gerry Huberty
Economia 09.11.2021
Combustíveis

ACL apela a novas ajudas para compensar aumento dos combustíveis

Peritos do Automóvel Clube do Luxemburgo fizeram as contas ao aumento do preço do combustível. O preço do gasóleo, por exemplo, era de 1,047 euros por litro no ano passado. Hoje é de 1,418 euros, ou seja, um aumento de mais de 35%.

O aumento considerável do preço dos produtos petrolíferos tem vindo a verificar-se em todos os países da Europa. E ssse aumento é mais acentuado no Luxemburgo no espaço de um ano. A constatação foi partilhada pelo Automóvel Clube do Luxemburgo (ACL) que pede ao Governo para agir o mais rapidamente possível. Segundo este organismo, os responsáveis políticos do Luxemburgo não devem esperar por medidas europeias para combater a escalada dos preços. 

O organismo pede a introdução de novas ajudas financeiras, tanto para os particulares como para os profissionais, de forma a amortecer o aumento do preço dos combustíveis. Estas ajudas devem servir para ajudar os automobilistas que só contam com o seu veículo pessoal para se deslocarem para o trabalho, consideram.


Governo descarta apoio extra para fazer face aos aumentos dos preços da energia e combustíveis
Aumento de 200 euros no subsídio de vida cara é, para já, o único reforço, confirmou o Ministério da Energia ao Contacto. OGBL considera que valores atuais não chegam.

Nas contas feitas pelos peritos, o preço do gasóleo era de 1,047 euros por litro no ano passado. Hoje é de 1,418 euros, ou seja um aumento de mais de 35%. Já a gasolina 95 octanas aumentou à volta de 33%, enquanto que a gasolina 98 octanas viu o seu preço aumentar 31%, num ano.

A atual crise global do mercado petrolífero é uma das razões para estes aumentos, mas a introdução do imposto nacional sobre o CO2, no início deste ano, também está a ter impacto na escalada dos preços, defende o ACL. 


Mais de 20 países deixam de financiar combustíveis fósseis no estrangeiro até 2022
Mais de vinte países e instituições - incluindo Portugal - comprometeram-se hoje a deixar de financiar projetos de combustíveis fósseis até ao fim do ano de 2022, uma resolução de que ficaram fora países como a China ou a Rússia.

Este imposto deverá voltar a aumentar em 2022, pelo que a ACL pede ao Executivo que pondere a ideia, argumentando que o aumento do preço dos combustíveis vai provocar ainda mais desigualdade entre a população.  

Siga-nos no Facebook, Twitter e receba as nossas newsletters diárias.


Notícias relacionadas

O preço da gasolina vai descer a partir da meia-noite. A gasolina 95 octanas vai ficar 2,6 cêntimos mais barata e passar a custar 1,25 euros por litro. Já a gasolina 98 octanas vai baixar ainda mais, quase 4 cêntimos, e vai ser vendida a 1,30 euros por litro.
O preço da gasolina vai baixar já a partir da meia-noite. O Governo acaba de anunciar que a gasolina sem chumbo 95 e 98 octanas ficam mais baratas a partir de sexta-feira.
Illustration Tankstellen - Benzinpreise - Photo : Pierre Matge