Escolha as suas informações

12 milhões de euros. Dinheiro do Estado luxemburguês foi para o 'Espaço'
Economia 13.11.2018

12 milhões de euros. Dinheiro do Estado luxemburguês foi para o 'Espaço'

12 milhões de euros. Dinheiro do Estado luxemburguês foi para o 'Espaço'

Foto: Chris Karaba/Wort
Economia 13.11.2018

12 milhões de euros. Dinheiro do Estado luxemburguês foi para o 'Espaço'

Catarina OSÓRIO
Catarina OSÓRIO
O Estado luxemburguês desistiu da participação na Planetary Resources Inc., empresa ligada à exploração de matérias-primas no Espaço, e anunciou uma perda de 12 milhões de euros. A informação foi avançada pelo ministro da Economia, Étienne Schneider.

O ministro da Economia, Étienne Schneider, anunciou esta terça-feira que o Estado grão-ducal já perdeu cerca de 12 milhões de euros na Planetary Resources Inc., empresa americana fundada em 2016, em que o Estado luxemburguês entrou como principal acionista. No total, o Estado já injetou  13,7 milhões de euros. 

Em resposta a uma pergunta aos deputados do CSV Schneider confirma o "fracasso" da iniciativa. "Após o fracasso em fechar uma ronda de financiamento e perspctivas futuras (...) a SAAM Luxembourg SARL (nota: 100% detida pela Sociedade Nacional de Crédito e de Investimento - SNCI) já não é acionista da Planetary Resources Inc. desde outubro de 2018". 

Sobre as razões do sucedido o vice primeiro-ministro explicou que a filial luxemburguesa agiu segundo o princípio da prudência, visto que empresa "não atingiu a atividade esperada desde o início". 

O executivo acrescenta que tal se deve a um "risco conhecido" e que até é comum no mundo das start-ups, sublinhando que o desinvestimento não se deve a "gestão inadequada" da participação acionista. O governo mantém, assim, o objetivo de continuar a rota de desenvolvimento da indústria espacial, apenas dois meses após ter lançado oficialmente uma agência espacial no país. Segundo Étienne Schneider, mais de 20 empresas ligadas ao Espaço fixaram-se no Grão-Ducado desde o lançamento formal do projeto. Na altura o Contacto tentou contactar algumas dessas empresas mas sem sucesso. 


Luxemburgo já está no Espaço
O Luxemburgo inaugura hoje uma nova etapa na história do país: uma agência dedicada à exploração do Espaço. O projeto tem como objetivo apoiar o desenvolvimento económico da indústria espacial.

A SNCI é uma sociedade bancária de direito público especializado que financia empresas a médio e longo prazo. Tem participações em companhias luxemburguesas, como a SES, Encevo, Cargolux e Paul Wurth. Mais recentemente tem vindo a apostar no setor das novas tecnologias de informação e comunicação. 

Em 2017, o Grão-Ducado adotou uma legislação específica que permite a exploração comercial de matérias-primas existentes no Espaço por empresas privadas com sede no país. Tornou-se assim a primeira nação europeia a legislar sobre a matéria. 


Siga-nos no Facebook, Twitter e receba a nossa newsletter das 17h30.


Notícias relacionadas

Luxemburgo já está no Espaço
O Luxemburgo inaugura hoje uma nova etapa na história do país: uma agência dedicada à exploração do Espaço. O projeto tem como objetivo apoiar o desenvolvimento económico da indústria espacial.
Parlamento: Lei do Espaço será votada a 13 de julho
O Conselho de Estado não emitiu qualquer parecer contra o projeto-lei sobre a exploração de recursos espaciais, a chamada "lei do Espaço", que deverá assim ser votada na Câmara dos Deputados a 13 de julho próximo.
(FILES)This NASA file image obtained January 31, 2012 and taken by NASA's Near Earth Asteroid Rendezvous mission in 2000, shows a close-up view of Eros, an asteroid with an orbit that takes it somewhat close to Earth. A newly unveiled company with some high-profile backers — including filmmaker James Cameron and Google co-founder Larry Page — has announced  April, 24, 2012 plans to mine near-Earth asteroids for resources such as precious metals and water.
Planetary Resources, Inc. intends to sell these materials, generating a healthy profit for itself. But it also aims to advance humanity's exploration and exploitation of space, with resource extraction serving as an anchor industry that helps our species spread throughout the solar system.      AFP PHOTO/NASA/HANDOUT/               == RESTRICTED TO EDITORIAL USE - MANDATORY CREDIT " AFP PHOTO / - NO MARKETING NO ADVERTISING CAMPAIGNS - DISTRIBUTED AS A SERVICE TO CLIENTS ==