Escolha as suas informações

Economia

Luxemburgo é o quinto país da UE com o gás mais barato

O Luxemburgo ocupa o quinto lugar no ranking dos países da União Europeia (UE) com o gás mais barato. Já no que se refere à eletricidade, a posição não é tão vantajosa para os consumidores que residem no Grão-Ducado, já que o país se encontra a meio da tabela.

Trabalhadores em Portugal são os mais baratos

Os trabalhadores em Portugal são os mais baratos quando comparados com os países que sofreram a intervenção da 'troika'. E isso deve-se sobretudo à queda dos salários, diz o Fundo Monetário Internacional.

Diretores trabalham mais vezes a partir de casa

Cerca de 21% dos trabalhadores assalariados trabalham a partir de sua casa no Luxemburgo. E quem é que o faz com maior frequência? Os diretores, gerentes e trabalhadores de profissões científico-intelectuais.

Trabalhar por conta própria não convence no Luxemburgo

Trabalhar por conta própria não parece ser uma atividade muito apelativa no Luxemburgo, sobretudo para os nativos. O Eurostat divulgou hoje estatísticas sobre a tendência que os residentes nos vários Estados-membros têm para trabalhar por conta própria. No estudo, o gabinete de estatística da Comissão Europeia distingue entre nativos, migrantes que vêm de outros Estados da União Europeia (UE), e entre aqueles que vêm de fora da UE.

Indexação puxa salário mínimo para os 2.048,54 euros

O valor do salário mínimo vai ser atualizado por causa da indexação que entrou ontem em vigor. Desta forma, o salário mínimo vai passar a ser de 2.048,54 euros e o salário mínimo qualificado será de 2.458,25 euros.

Fronteiriços franceses são menos bem pagos do que os alemães ou belgas

Os trabalhadores fronteiriços franceses são os menos bem pagos, comparativamente com os alemães e com os belgas. O motivo? É que, por norma, os fronteiriços franceses trabalham em setores menos bem remunerados como a restauração e hotelaria (Horesca), comércio e o trabalho temporário (intérim).

Lucros da ArcelorMittal sobem 32% no primeiro semestre

A gigante do aço ArcelorMittal teve lucros de 3,1 mil milhões de euros no primeiro semestre deste ano, um aumento de quase 32%, face ao mesmo período do ano passado.

De quanto precisa uma família para ter uma vida decente no Luxemburgo?

Uma família de quatro pessoas precisa de 4.079 euros para ter uma vida decente no Luxemburgo, ou seja, para satisfazer as necessidades básicas e participar ativamente na sociedade. O valor consta de um estudo publicado hoje pelo instituto nacional de estatística luxemburguês (Statec).

Eurostat. Taxa de desemprego de 5,2% em junho no Luxemburgo

A taxa de desemprego no Luxemburgo situou-se nos 5,2% em junho, de acordo com os dados do Eurostat publicados hoje. Este valor fica abaixo do anunciado pelo Statec há quase duas semanas e que dava uma taxa de desemprego de 5,5% para o mesmo mês. Como se explica então a diferença? São as diferenças no método de cálculo utilizado pelos dois organismos que a justificam.
O valor de 2,1% ultrapassou a meta definida pelo Banco Central Europeu.

Inflação na zona euro sobe para 2,1% em julho

O valor de 2,1% ultrapassou a meta definida pelo Banco Central Europeu.
A inflação subiu para 2,1% em julho na zona euro, face aos 2% registados em junho. O valor ultrapassou assim a meta do Banco Central Europeu (BCE), que aponta para uma taxa de inflação próxima mas abaixo dos 2%.
A economia da região da moeda única cresceu 0,3% no segundo trimestre.

Economia da zona euro cresce ao ritmo mais lento em dois anos

A economia da região da moeda única cresceu 0,3% no segundo trimestre.
A economia da zona euro abrandou e cresceu no segundo trimestre ao ritmo mais lento em dois anos.

Salários e pensões aumentam 2,5% em agosto

Indexação foi anunciada pelo próprio ministro da Economia, Étienne Schneider, através da sua conta no Twitter.

Confiança dos consumidores recupera em julho

A confiança dos consumidores recuperou em julho. De acordo com o Banco Central do Luxemburgo (BCL), o indicador situou-se nos 17 pontos, acima dos 14 pontos registados no mês anterior e também no mesmo mês de 2017. No entanto, a preocupação com o desemprego agravou-se.

Conselheiros no Luxemburgo acusam CGD e Governo de votar portugueses ao "ostracismo"

Os conselheiros das Comunidades Portuguesas no Luxemburgo criticaram hoje a decisão de encerrar os balcões da Caixa Geral de Depósitos (CGD) no Grão-Ducado, acusando o banco e o Governo de votar os emigrantes que ali vivem "ao ostracismo".
Caixa Geral de Depósitos - Photo : Pierre Matgé

PSD considera "uma grande surpresa a má notícia" de saída da CGD do Luxemburgo

Caixa Geral de Depósitos - Photo : Pierre Matgé
O deputado social-democrata Carlos Alberto Gonçalves considerou hoje "uma grande surpresa a má notícia" do encerramento da operação da Caixa Geral de Depósitos (CGD) no Luxemburgo, país em que a comunidade portuguesa representa 16% da população.

Os portugueses que processaram a Google

“Aptoide apresenta queixa contra a Google”. Quem lê o título da notícia nos jornais e na Internet não percebe, à primeira vista, que por trás da Aptoide estão dois portugueses a trabalhar em Lisboa. O Contacto falou com Paulo Trezentos, um dos fundadores da Aptoide, uma app store alternativa para sistemas operativos Android. O engenheiro de formação contou um bocadinho da história da empresa ao Contacto e os motivos que o levaram a apresentar uma queixa contra a Google.
Caixa Geral de Depósitos encerra balcões no Luxemburgo.

CGD fecha balcões até final do ano

Caixa Geral de Depósitos encerra balcões no Luxemburgo.
A Caixa Geral de Depósitos (CGD) vai encerrar balcões no Luxemburgo até ao final do ano. Em causa estão mais de 4.820 clientes. Estes vão ser servidos através da Caixa Geral de Depósitos Portugal e do serviço Caixadirecta.

CGD. Balcões que vão encerrar no Luxemburgo são de "menor expressão"

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) vai encerrar as sucursais no Luxemburgo e em Nova Iorque, referindo que tinham "menor expressão" e "não deixará de cumprir as suas responsabilidades para com os trabalhadores", segundo um comunicado.

Caixa Geral de Depósitos vai manter a operação de retalho em França

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) vai manter a operação de retalho em França, informou esta quinta-feira o Ministério das Finanças, em comunicado.

CGD não comenta encerramento dos dois balcões no Luxemburgo

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) não comenta o encerramento dos dois balcões no Luxemburgo. O Contacto tentou também questionar os responsáveis do banco no Luxemburgo, que remeteram qualquer esclarecimento para o gabinete de imprensa da instituição bancária, em Lisboa. Ora, esta não faz qualquer comentário.